• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Sábado, 5 de dezembro de 2009, atualizada às 14h09

    Juizforanos se organizam em excursões para assistir à última rodada do Brasileirão no Maracanã

    Melissa Ribeiro
    Repórter

    Para ver o Flamengo bem de perto, na última rodada do Brasileirão, jogando contra o Grêmio, juizforanos se dispõem a pagar até R$ 500 por uma vaga em excursões para o Maracanã, neste domingo, 6 de dezembro. Mas quanto vale a experiência de assistir ao time do coração entrar em campo e sentir o calor da torcida dentro do estádio em uma decisão de campeonato?

    O flamenguista Eduardo Barros, 32, pagou R$ 120 em uma excursão organizada na cidade. Ele conta que se preparou com antecedência para não correr o risco de perder a vaga. Nos últimos dias, Barros chegou a receber a proposta de R$ 300 pelo seu ingresso. "Esse não vendo. A experiência de assistir ao jogo no estádio é emocionante. Parece que a gente joga junto com o time. A presença da torcida faz toda a diferença no resultado."

    O comerciante Adilton Aristeu Cândido, 33, também conseguiu garantir sua vaga. Ele conta que faz questão de ir ao Maracanã em todas as partidas que o rubro-negro está na final. "Assisti a todas as conquistas e derrotas desde 1992, no estádio. Sinto que participei da história dos títulos do flamengo. A experiência é inexplicável."

    O representante comercial Célio Otávio Soares, 32, que há dez anos realiza excursões para os jogos do Flamengo no Maracanã, principalmente nas partidas de pré-final e final de campeonato, afirma que nos últimos dias chegou a receber a proposta de R$ 500 por uma vaga em um de seus ônibus na última rodada do Brasileirão. Soares vai levar cerca de 120 torcedores de Juiz Fora para a partida de domingo no Maracanã. A excursão conta com duas vans e dois ônibus, todos lotados. "Se eu tivesse ingresso para mais dez ônibus, tinha torcedor para levar", garante.

    Soares comenta que a procura por uma vaga nas excursões triplicaram depois que o Flamengo se tornou um dos times favoritos a levar a taça. Ele conta que recebe uma média de 20 ligações por dia de torcedores que imploram por uma vaga em sua excursão e chegam a oferecer quase o triplo do valor normal do pacote. "Tenho quatro números de celular e nessa última semana tive que desligar os telefones porque eles não paravam de tocar."

    O representante comercial garante que não organiza as excursões pelo dinheiro, mas reconhece que a atividade acaba lhe rendendo um bom retorno financeiro. "Tudo começou como uma paixão pelo futebol, mas nessas finais de competições as viagens dão, com certeza, um upgrade no salário."

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.