• Assinantes
  • Autenticação
  • Zona Pink
    Segunda-feira, 12 de setembro de 2016, atualizada às 18h

    MGM firma parceria e passa a oferecer assistência jurídica e psicológica para público LGBT

    Da redação

    O Movimento Gay de Minas (MGM) e a Universidade Salgado de Oliveira (Universo) fecharam convênio para prestar serviços de atendimento psicológico e jurídico a vítimas de homofobia. A assistência será gratuita, mediante agendamento, e prestada por um grupo de estagiários da Universo supervisionados pelo MGM e pelos professores e advogados da universidade.

    Segundo o diretor do MGM, Marco Trajano, a parceria nasceu a partir de demandas recebidas pelo movimento. "Este tipo de assistência não é acessível à comunidade LGBT e a cidade não oferece um serviço público que atenda à nossa comunidade", afirma. "As pessoas pediam esse apoio através de mediação de conflitos, apoio familiar... então, nós fechamos parceria com a Universo e com a Prefeitura de Juiz de Fora". Para o professor Fábio Vargas, responsável pelo Núcleo de Práticas Jurídicas da Universo, "além da prestação de um importante serviço às vítimas de homofobia, o convênio possibilitará um maior conhecimento do assunto e ampliará a formação cidadã dos estudantes".

    Além da assistência nos casos de homofobia, a iniciativa também atenderá a processos como reconhecimento do nome social e da união estável para homossexuais. "A ideia é atender a demanda que nos chegar envolvendo questões de cidadania LGBT", explica Trajano. "O projeto prevê assistência gratuita para todos os casos relacionados a isso."

    Na próxima terça-feira, 13 de setembro, às 20h30, haverá um coquetel no Tribunal do Júri do Núcleo de Práticas Jurídicas da Faculdade de Direito da Universo, para lançamento e apresentação do projeto à imprensa e convidados.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.