• Assinantes
  • Zona Pink
    Sexta-feira, 10 de agosto de 2018, atualizada às 18h40

    Agatha Brandétt mescla o provençal e o contemporâneo na passarela do Miss Brasil Gay

    Da redação

    Conheça as candidatas que concorrerão, no próximo dia 18 de agosto, no Terrazzo - avenida Deusdedit Salgado, ao título de Miss Brasil Gay.

    Em sua 38ª edição, o concurso retornou no ano passado e coroou a representante de Minas Gerais, Guiga Barbieri, que passará a faixa para a nova eleita entre as misses dos 26 Estados e Distrito Federal. Conheça a representante de Mato Grosso.

    Nome

    Agatha Brandétt

    Idade

    23 anos

    Profissão

    Cabeleireira, maquiadora, proprietária de salão de beleza

    Estado

    Mato Grosso

    E a primeira que participa do concurso?

    É a primeira vez que participo do concurso.

    Qual a expectativa para o evento?

    As minhas expectativas são as melhores possíveis, na  realidade quero mostrar o que o meu estado tem de melhor e impressionar os jurados e o publico presente, mostrando a “cara” do Mato Grosso de uma maneira que ainda não foi vista, além disso vou  realizar o sonho de conhecer verdadeiras celebridades que farão participações especiais no concurso.

    Como está se preparando para o concurso?

    A minha preparação já vem acontecendo a um tempo, desde que aconteceu o concurso estadual, cujo qual me elegeu miss Mato Grosso gay 2018, que eu venho investindo tanto fisicamente quanto psicologicamente na minha preparação pessoal. Com essa experiência, eu tive que aprender sobre o autocontrole e tive a oportunidade de adquirir o autoconhecimento. Também aprendi que sou muito mais forte do que eu pensava ser, enfrentando e vencendo  situações que nunca imaginei que enfrentaria e conseguiria vencer.

    Como se sente em participar do maior concurso de beleza gay do país?

    Participar do maior concurso de beleza gay, não só do país mais também do mundo, é uma grande honra e ao mesmo tempo muito empolgante. Sempre sonhei em me tornar uma miss, mesmo que ao menos na minha cidade. E ter vencido o concurso municipal e conseguir chegar até o  estadual e vencê-lo, para mim foi algo que superou o meu imaginário e, o simples fato de ter a oportunidade de  subir nas passarelas de um concurso que tem toda essa irreverência, seriedade, visibilidade que o miss Brasil gay tem, é uma grande realização de um sonho!

    Quem está produzindo a sua roupa? O que pode adiantar sobre o traje:

    Para as passarelas do Miss Brasil Gay, eu pretendo levar o que tem de melhor no mundo da moda, mesclando o provençal e o contemporâneo. Eu e a minha equipe pretendemos resgatar a visibilidade ao meio ambiente, mostrando a importância e a beleza das águas doces encontradas em abundância no nosso estado. Para o vestido de noite, o meu estilista Luís Leandri de São Paulo, buscou inspiração nas obras do salão dourado de Bonjnice na Eslováquia.

    Hobby?

    Rs... pode não parecer, mas eu amo ir para a fazenda nos fins de tarde e cozinhar comidas caipira no fogão a lenha!

    Uma frase

    Uma frase que me inspira muito foi dita por Louisa Mya Acoltt  e diz o seguinte; “Nos objetivos de sua vida, mire e tente acertar a lua. Se não conseguir, ficará entre as estrelas”.

    Ser Miss Brasil Gay é... muito além de um título e uma coroa na cabeça. Ser uma miss Brasil gay é motivo para se orgulhar, é uma oportunidade de lutar pelos melhores ideais, é enfrentar lutas diárias em busca de respeito, é um ato de militância na busca por mais amor, tolerância e uma oportunidade de mostrar para a sociedade preconceituosa que o preconceito e intolerância se vence com arte!

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.