• Assinantes
  • Autenticação
  • Zona Pink
    Quarta-feira, 7 de agosto de 2019, atualizada às 13h18

    Com discurso de resistência, Kamilla Duarte representa o Rio Grande do Sul no Miss Brasil Gay

    Da redação

    Conheça as candidatas que concorrerão, no próximo dia 17 de agosto, no Terrazzo - avenida Deusdedit Salgado, ao título de Miss Brasil Gay.

    Em sua 39ª edição, o concurso elege o mais belo transformista do país. A principal regra é: os concorrentes devem ser do sexo masculino, não podem ser travesti ou transexual, sendo proibidas as intervenções cirúrgicas estéticas com prótese (seios e glúteos).

    Nome: Kamilla Duarte

    Idade:30

    Profissão: Professor bacharel e licenciado em educação física, bailarino, coreógrafo e técnico em enfermagem.

    Estado: Rio Grande do Sul
     
    É a primeira vez que participa do concurso?
    Sim

    Qual sua expectativa para o evento?
    Primeiramente, representar meu estado como ele realmente merece, mas também realizar troca com as outras misses.

    Como está se preparando para o concurso?
    A vida inteira participei de diversos concursos, mas, sem dúvida, este é o ponto alto em minha carreira, portanto, estou intensificado com aulas de passarela e estudando as políticas culturais e da diversidade.

    Quem está produzindo sua roupa?
    A produção e confecção do meu traje de gala é uma estilista gaúcha natural de, Pelotas, Roberta Lima. O traje típico o também gaúcho natural de Jaguarão, Wilson Medeiros.

    Hobby: Estar com os amigos, alunas do projeto e nos palcos dançando.

    Prato preferido: O nosso famoso churrasco, mas também massas

    Ator e atriz: Zezé Mota e Taís Araújo, referências negras que atuam na televisão brasileira e Tony Ramos, ator talentoso e muito família e querido por todos.

    Cor: Branco

    Bebida: O nosso famoso e tradicional Chimarrão.

    Perfume: Pitanga

    Uma Frase:  Vá  firme na direção das suas metas. Porque o pensamento cria, o desejo atrai e a fé realiza.

    Inspiração: Minha mãe, pois desde sempre batalhou apesar das dificuldades.

    Ser Miss Brasil gay é... O sonho de um vida inteira, e no momento político complicado em que vivemos, representar as minorias, sendo negra, educadora, artista e gay é um grande desafio. É ter um orgulho enorme de poder e resiliência. É subir no imenso palco da vida e interpretar com perfeição meu papel e ser aplaudido de pé.

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.