• Assinantes
  • Casa

    Decoração e cerimonial para casamentos íntimos realizados em jardins

    Nome do Colunista Luiz Henrique Duarte 20/10/2017

    Os casamentos modernos tornaram-se verdadeiros acontecimentos, fazendo um mix entre a celebração e o design, onde tudo precisa de um planejamento estratégico, ocasionando o êxito e sucesso desta data memorável. As noivas de hoje mesclam um estilo despretensioso e ao mesmo tempo sofisticado em suas cerimônias e festas, porém, com uma pegada casual e descontraída, quando os convidados e padrinhos devem seguir à risca os protocolos destes eventos, os quais, sempre poderão inovar através dos rituais litúrgicos e trajes sugeridos para vestir. A arquitetura moderna e o design de interiores podem projetar espaços únicos, constituindo ambientes aconchegantes, com muita simplicidade, requinte e sofisticação, verificada através de adornos cenográficos reais e um mobiliário altamente posicionado dentro dos ambientes propostos, priorizando o equilíbrio e a harmonia para realizar os famosos e sugestivos weddings gardens.

    Weedding gardem

    Os casamentos e cerimônias especiais realizadas em nossos jardins internos ou externos, sejam de nossas casas, espaços campestres ou até mesmo das tradicionais fazendas seculares de nossas famílias, precisam de um planejamento, para que tudo esteja perfeito, em uma alquimia entre à play-list, os convidados, a decoração, o bolo e as comidinhas especiais do buffet gastronômico. Todos estes detalhes precisam ter o estilo e a personalidade dos noivos, garantindo a identidade estética e visual da festa, assim como o design das ambientações de todos os espaços constituídos.

    Os casamentos realizados em jardins são tendências nos EUA e Europa, onde os principais cerimonialistas brasileiros seguem as tendências trendfashion para este tipo de evento. Um wedding gardem pode ser idealizado e projetado com cenários deslumbrantes, enfatizando um décor natural e orgânico, com elementos rústicos atemporais, em todo o mobiliário utilizado. A weedding planner and party designer Renata Cruz (Espaço de la Cruz) idealizou e projetou um casamento ao ar-livre, dentro de um jardim urbano, com espécies tropicais e uma arquitetura contemporânea (Dommanni Alta Decoração), utilizando um mobiliário rústico e resistente a exposição do tempo, como madeiras de demolição, ferro e fibras naturais, altamente distribuídos através de um layout para agregar a boa conversa e a confraternização de todos os convidados, deixando-os descontraídos e ao mesmo tempo confortáveis para circularem ou posicionarem-se em todos os lounges criados. " Escolher a época do ano é a primeira peça chave para iniciar os preparativos, os meses legais são setembro, que não é muito frio, e de abril a agosto", ensina Renata.

    Outros pontos interessantes para casamentos juntamente a natureza, é ter um espécie de plano "B" caso aconteça uma chuva típica ou a energia elétrica seja interrompida, prevenindo-se com tendas ou toldos cobertos e geradores de energia. Para o Dj, é sempre recomendo que a aparelhagem fique sobre uma cobertura especial, garantindo assim todo o seu desempenho e segurança.  "Existem casais que optam por uma cerimônia ao ar-livre e a festa dentro de casa", resume a weedding planner. As questões de infraestrutura são importantes, como disponibilizar uma cozinha adjacente, toilets itinerantes ou químicos, caso o seu jardim seja de uma fazenda ou casa de campo. Para nossos jardins caseiros, entende-se que a estrutura seja de acordo com o seu espaço e a capacidade de pessoas que ele comporta.

    Para seguir adiante, devemos saber para qual o público será destinado o casamento, começando definir a decoração e o layout. "Um casamento com formalidade, necessita de mesas e lugares sentados, e ao ar-livre, já tem uma pegada informal, com pessoas mais íntimas" explica Renata. Em casamentos realizados dentro dos domínios de nossos jardins, o projeto de desing e paisagismo pode ser descontraído, porém, com tudo na medida certa, agregando o despojamento com a elegância. "Em jardins ou sítios, você pode abusar de lounges, sofás, mesinhas altas e baixas", fala à party designer.

    Party decor

    Para organizar um casamento informal, dentro de nossos jardins internos ou externos, é preciso que todas as espécies de vegetação estejam bem cuidadas, desde as flores e folhagens, até os revestimentos das paredes e pisos, como as luminárias externas, pois, geralmente, este tipo de cerimônia acontece sempre ao entardecer, estendendo-se a noite.

    Os arranjos florais adjacentes, além das espécies existentes em nossos jardins, podem ser escolhidas com a assessoria de um flowers-designer, trazendo outras formas singulares de verde para o local, porém, com flores que transpareçam naturalidade dentro de um cachepô ou jarra. Os adornos e o mobiliário também devem seguir a mesma linha, aproveitando tudo o que já possuímos ou completados com elementos temporários, os quais são alugados para realizarmos nossas pequenas ou grandes festas. A arquiteta Marcela Brasil e o empresário Manoel Reis (Partie Décor) oferecem adornos e mobiliários de festas para locação temporária, que podem ser, desde um simples jantar a dois, até um dinner supper, como casamentos, confraternizações, aniversários e todos os tipos de celebrações, atendendo as necessidade de todos os usuários, conforme o tema proposto e suas reais necessidades. "Todas as peças que oferecemos para aluguel, seguem as tendências de mercado, que vão desde móveis em madeira de demolição e ferro, seat gardem, mesas de apoio, centrais e jantar, estantes, almofadas e adornos diversos, além de copos, taças, pratos e talheres", explica a arquiteta.

    Estas peças podem ser completadas com outros itens que já possuímos em casa, deixando os nossos ambientes personalizados, de acordo com as comemorações festivas, principalmente os casamentos. "Nós tentamos ter peças chaves para alugar, que chegam a ser um complemento diferente na decoração já existente na casa das pessoas", afirma Marcela.

    O casamento

    O aprazível e delicado jardim constituído por espécies nativas, capazes de suportar o avassalador sol de verão, apresenta dois ambientes em um só espaço, que estão setorizados através de um desnível formado por um deck em madeira. A mesa principal, onde o naked cake e todos os convidativos docinhos confeitados estão expostos, apresenta um tampo em madeira de demolição reaproveitada, contrastando com musgos secos, uma arranjo de orquídeas natural e um castiçal de tronco de árvore. Sob este aparador, um tapete em couro natural, contrasta com luminárias de chão, baús antigos e outras folhagens de forração. Um lounge com puffs em crochê, futtons, mesas de apoio de fibras naturais e um suntuoso banco, permitem que os convidados tenham o conforto necessário para curtir a festa. Tudo isto, com itens de locação temporária, como a iluminação central, com lâmpadas que propagam uma atmosfera intimista e acolhedora.

    A mesa para o jantar recebeu um trilho de mesa em tecido de linho natural, como também, arranjos naturais de orquídeas e folhagens, onde os aparelhos de jantar, como os talheres de serviço, foram expostos sobre jogos americanos em folhagens de costela de Adão, incentivando um outro uso para este elemento verde. No lounge principal, um tapete oriental é centralizado, onde malas antigas funcionam como uma mesa central de apoio e ornamentação. As almofadas com cores diferentes, fazem uma composição de nuances e tonalidades, como as lanternas decorativas. "Ao ar livre, devemos apresentar móveis com madeira de demolição, que são resistentes ao uso, utilizando peças curingas neutras, que atendem a qualquer paleta de cores" completa Marcela.

    Além dos móveis neutros em madeira rústica e com linhas modernas, vários acessórios decorativos, foram expostos estrategicamente, como os itens de apoio, para auxiliar a hora de servir as entradas do menu gourmet. Em nosso exemplo, foram utilizados bowls maiores e rústicos para gelo, além de porta-retratos, jarros em vidro e peças de cobre espalhadas por este suntuoso cenário, tudo alugado temporariamente, facilitando o bom desempenho da festa. "Os nossos tapetes são impermeáveis, como os futtons, que são resistentes ao tempo, outros tapetes são persas, para ambientes internos ou lounges", argumenta Manoel.

    Faça você

    As nossas memórias afetivas podem fazer parte destes casamentos realizados em jardins, expondo dentro dos espaços, peças que remetam a tradição familiar. Outras peças podem ser adquiridas especificamente para o próprio evento, como bandejas e doceiras para expor a parte dos doces e lembrancinhas da festa. Em um casamento no jardim, os protocolos são quebrados, você não precisa seguir a mesma linha de etiqueta das bodas tradicionais, optando por ter ou não alguns itens clássicos, como os próprios bem-casados. "Este tipo de casamento é muito desapegado a protocolo, e os noivos podem fazer tudo do estilo deles, para que os convidados sintam-se bem", resume Renata.

    As peças temporárias podem ser adquiridas e expostas de acordo com o espaço que já possuímos, caso necessitarmos de algo especial, o cerimonialista e sua equipe encontrarão várias possibilidades e soluções. "Como apresentamos um mostruário para tecidos, as pessoas conseguem escolher uma estampa para seguir a mesma linha em todos os detalhes da festa, e, nós oferecemos objetos menores, mais delicados, para completar a decoração final com aquilo que você não tem em casa ", revela Marcela.

    Mesmo com todos os atributos para este tipo de evento ser descontraído, é preciso seguir as diretrizes de um especialista no assunto, não importando o local de sua realização, desde um jardim particular, até uma exuberante área externa de uma fazenda ou casas de festas. "Apesar de ser um evento despojado, é preciso de um cerimonialista para fazer o link de todos os profissionais envolvidos, e prever imprevistos, este tipo de casamento é a nossa especialidade, acho que tem muito amor envolvido", finaliza a weedding planner.

    Dicas

    • Saiba o número de convidados para planejar o seu casamento dentro de um jardim ao ar livre.
    • Verifique as dimensões de seu jardim, o mobiliário existente, assim com a iluminação.
    • Caso não possua aparelhos de serviço, mobiliário e adornos, adquira temporariamente com empresas especializadas.
    • As peças para locação devem ter o seu estilo, garantindo o equilíbrio e a harmonia com toda a sua casa.
    • Reutilize peças antigas de sua família para contextualizar o seu casamento com personalidade.
    • Dentro dos convites é impresso o site dos noivos e listas de presentes.
    • Casamentos ao ar livre devem apresentar um projeto luminotécnico, sempre com a utilização de lâmpadas em LED, geralmente para efeitos cenográficos.
    • Os noivos podem casar com trajes informais, noivas até descalças.
    • Os vestidos para as noivas podem ser casuais, cabelos soltos, passando do nude ao off-white.
    • Os homens, podem vestir ternos sem gravatas, ou apenas camisas e calças sociais, sempre do claro para o escuro, de acordo com as horas da cerimônia.
    • Convidados devem seguir os trajes sugeridos através da assessoria do casamento.
    • Não é necessário seguir uma paleta de cores para as madrinhas, não recomenda-se o uso dos tons claros ou escuros, principalmente ao ar livre.
    • A decoração deve ser rústica, elimine os cristais e porcelanas finas, prefira as cerâmicas e o vidro.
    • Sofás e poltronas confortáveis de sua sala, podem ser expostos em seu jardim, formando um belo e exclusivo lounge.
    • Prefira um décor estilo boho, seguindo às tendências naturais e orgânicas.
    • Veja um staff de copeiros e garçons para servirem os convidados.
    • Os amigos podem celebrar à cerimônia, como irmãos e tios próximos.

    Para garantir o sucesso de seu casamento dentro dos domínios de seu jardim, produza uma iluminação utilizando fios de cobre com pontos em LED, sempre por trás das mesas principais, ilhas com bares e tudo o que houver necessidade de chamar a atenção. As lâmpadas de filamentos estão em alta no décor, seja de nossas casas ou eventos como este. Aproveite suas luminárias e coloque-as espalhadas com segurança sobre mesinhas no seu jardim, com a ajuda de um eletricista. Os tons de bronze e o verde greenery, além do rosê são tendências do momento. Seja você, produza seu casamento de acordo com à sua realidade e sejam felizes para sempre! Um grande brinde a todos!

    As fotos exclusivas de Angeliza Lopes Aquino registram.

    Luiz Henrique Duarte é Bacharel em direito, designer de interiores graduado, jornalista apaixonado por arte clássica e contemporânea, boa música, arquitetura e tudo relacionado à estética do bem viver.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.