• Assinantes
  • Casa
    Alan Matheus Alan Matheus 29/01/2014

    Teremos "A Bolha" em 2014?

    imovelGostaria de compartilhar a MINHA opinião sobre o que muito tem se falado sobre uma bolha imobiliária em 2014.

    Acredito que o dinamismo do mercado imobiliário não será o mesmo, em função da própria economia nacional, e também em função da grande quantidade de negócios imobiliários que foram fechados nos últimos 5 anos.

    Os imóveis com preço médio entre R$ 250.000,00 e R$ 600.000,00 continuarão com grande volume de negociação e carro-chefe do segmento de compra e venda de imóveis em Juiz de Fora. Já nos segmentos de alto padrão, acredito que o dinamismo será substancialmente menor, devido a grande quantidade de unidades a venda, o público-alvo (que é menor) tende a ser mais cuidadoso e seletivo na escolha, fazendo com que a escalada no preço estabilize.

    Outra variável importante para balizar o comportamento do mercado, é o crédito imobiliário. Nos últimos anos o crédito só cresce, são cada vez maiores as medidas de incentivo do governo e acreditem ou não, esta muito fácil financiar um imóvel.

    Todos os anos os pessimistas e incrédulos comentam sobra "A Bolha", e continuo comparando o atual momento com a decisão de comprar ou não uma ação com dia de alta na Bovespa.

    É muito frustrante ver uma ação não parar de subir, e não termos coragem de aproveitar "a onda". Aproveite, faça um bom negócio !


    Alan Carlos dos Santos Matheus é Bacharel em Redes de Computadores (Faculdade Estácio de Sá) e especialista em Gestão de Negócios (Fundação Dom Cabral). Possuí diversos cursos na área de Gestão Financeira e Investimentos Imobiliários. É proprietário da Clientt Negócios Imobiliários, e constrói casas em condomínios fechados de Juiz de Fora para investimento.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.