• Assinantes
  • Cidade

    10 conselhos para viver em paz com a natureza

    Nome do ColunistaJuliana Machado  5/11/2016

    1. Pense. Antes de qualquer coisa. Não aceite como verdade aquilo que gerações, governos, redes sociais e estilo de vida apresentam.

    2. Consuma menos. Menos, beeeem menos. Abra mão de saciar o seu possível vazio existencial com coisas materiais. Usufrua dos bens que você já tem e que foram conquistados com tanto suor. Não deixe que esses bens sejam tão facilmente descartáveis.

    3. Procure evitar a produção de lixo. Para isso, volte nas opções 1 e 2. Recuse sacolinhas, reutilize objetos, doe aquilo que você não usa e recicle.

    4. Experimente diminuir ou de preferência extinguir o consumo de carne. Se você der duas ou três pesquisadas no Google vai ver que para além do sofrimento no processo de criação intensiva, há um considerável impacto no que se refere a desperdício de água, agravamento do aquecimento global, empobrecimento dos solos e aprofundamento das desigualdades sociais.

    5. Economize água. Esta dica já está batida, eu sei. Mas ainda tem gente que acha que a água é um recurso infinito. Que a Terra é o planeta água e que, portanto, não temos com quê nos preocupar.

    6. Informe-se. De preferência consulte fontes confiáveis que tragam conhecimentos comprovados. Você vai ver que não se informar sobre a nossa relação com o planeta é uma cruel forma de alienação alimentada inclusive pelos grandes poderes.

    7. Contamine seus conhecidos. Sempre que possível repasse informações sobre boas formas de estar no planeta gerando o mínimo de impacto possível. E seja um exemplo. Não há melhor forma de contaminar os demais.

    8. Incentive empresas ecologicamente responsáveis. Em geral as empresas têm percebido que seja pelo ato ético em si ou pelo interesse econômico em atrair consumidores conscientes, é necessário se engajar com causas ecológicas.

    9. Não maltrate animais nem destrua a flora. Desnecessário e só demonstra irracionalidade. Se se empenhar nas opções 1 e 6, vai compreender que todos os seres vivos têm algum valor, moral, estético, utilitário... E que agir como um ogro destruidor do planeta só vai te afastar do tão almejado posto de espécie racional e superior.

    10. Inove. Onde quer que você esteja, como professor, engenheiro, médico, lutador de muay thai, dona de casa, vendedor de picolé, garçom, empresário ou gari, com certeza há algo que você pode fazer, o mínimo que seja, para contribuir para um planeta mais harmônico e uma relação humano-biosfera mais sustentável. Mova-se.

    Juliana Machado é Bióloga, mestre em Ciências Biológicas - Comportamento e Biologia Animal - UFJF/MG. Doutoranda em Bioética, ética aplicada e saúde coletiva - UFRJ/UFF/UERJ e Fiocruz.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.