• Assinantes
  • Cidade
    Sexta-feira, 6 de janeiro de 2017, atualizada às 9h25

    Duas pessoas são vítimas de tentativa de homicídio com golpes de faca em JF

    Da redação

    Juiz de Fora tem mais duas tentativas de homicídio. As ocorrências foram registradas na última quinta-feira, 5 de janeiro. O primeiro caso foi no Centro, por volta das 15h.

    De acordo com o boletim de ocorrência, o homem, de 20 anos, estava sentado na Praça Antônio Carlos, quando os suspeitos, de 17 e 35, se aproximaram e o adolescente começou a brigar devido a desavenças anteriores. A vítima tentou fugir, mas o homem o segurou e o jovem desferiu as facadas.

    Durante o crime, o guarda municipal solicitou apoio da Polícia Militar (PM) para reter os criminosos que fugiram. O menor foi encontrado no bairro Juscelino Kubitschek e o seu comparsa, embaixo do viaduto da rua Espírito Santo.

    A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para o Hospital de Pronto Socorro (HPS). Os bandidos foram presos em flagrante e encaminhados para a Delegacia e Conselho Tutelar.

    Minutos depois, na rua Jandira Lim Pinheiro, no Bela Aurora, um homem de 31 anos foi esfaqueado com golpes no tórax e na mão esquerda; e na lombar direita, pela sua companheira, 27.

    A mulher afirmou que eles brigaram e ela também foi agredida. No hospital, a vítima não quis comentar sobre o assunto e permanece internada. Já a mulher foi atendida na Upa de Santa Luzia, onde foram constatadas escoriações no braço esquerdo. A autora foi presa em flagrante e encaminhada para a Delegacia.

    Os nomes das vítimas não foram divulgados pela PM e não foi possível confirmar o estado de saúde. Em menos de uma semana, a cidade já teve três homicídios e cinco tentativas.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.