• Assinantes
  • Cidade
    Sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017, atualizada às 14h32

    PJF e órgãos de segurança definem plano de ação contra blocos irregulares

    Da redação

    Em reunião na última quinta-feira, 16, foi estabelecido plano de ação a ser implementado no bairro São Mateus. A iniciativa se deve à marcação, pelas redes sociais, de um bloco irregular na região. O encontro definiu a intervenção de cada instituição e dos órgãos de segurança pública.

    O titular da Secretaria de Atividades Urbanas (SAU), Eduardo Facio, destacou que a pasta notificará todos os bares da região, a fim de que não sejam comercializadas bebidas alcoólicas para pessoas que não estejam regularmente dentro do estabelecimento. A SAU coibirá também irregularidades relacionadas às posturas municipais, como o uso indevido de mesas e cadeiras sem autorização e o abuso na utilização de som automotivo, além de exigir o alvará de localização.

    O secretário de Segurança Urbana e Cidadania, José Armando da Silveira, ressaltou que a Guarda Municipal estará presente na ação, resguardando os servidores envolvidos. Ele informou também que o setor de inteligência da pasta está verificando outras questões irregulares para que medidas sejam adotadas.

    Já o capitão Vinícius Castro, da 32ª Companhia da Polícia Militar, informou que a corporação estará presente, estendendo o policiamento da área em termos de efetivo e de tempo de atuação, de forma evitar qualquer intercorrência, como o fechamento irregular da via, por exemplo.

    A Settra participará da ação fiscalizando irregularidades no trânsito, a Polícia Civil disponibilizará uma viatura para o local, e o Comissariado de Menores atuará na verificação de situações que envolvam menores.


    Com informações da PJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.