Infantil

Chuva? Oba! Aproveite a chuva e reúna seus amigos para jogos superdivertidos!

Olá pessoal! Este é o Matheus Faria Melo, que vai participar do nossa casa esse mês. Para começar ele trouxe um monte de dica legal para a gente se divertir em dia de chuva.

Brincar é muito bom, né? Ainda mais quando a gente reúne nossos amigos em lugar bem divertido pra correr, jogar bola, brincar de pique.... Mas tem dia que São Pedro resolve abrir as torneiras do céu...e então, é melhor correr para não ficar todo ensopado e pegar um resfriado. Mas a festa não precisa acabar!

Existem mil maneiras da gente se divertir dentro de casa. A gente pode desenhar, construir algum brinquedo que a gente aprendeu na nossa oficina ou passar a tarde toda jogando com os colegas. Aí vão algumas dicas de jogos para dias de chuva:

Jogo da Memória

Material necessário:

  • 36 potinhos de iogurte vazios
  • 18 pares de coisas sortidas (chaves, apitos, tampinhas, etc.)

Preparação: Peça a alguém que não vai brincar para distribuir os potinhos em seis fileiras (seis potes em cada fileira). Embaixo de cada potinho, a pessoa deve colocar um objeto, de forma aleatória.

Desenvolvimento: Divida seus colegas em duas equipes. Tire "par-ou-ímpar" para ver qual equipe começa. Então, um membro dessa equipe indicará dois potinhos, que deverão ser virados, de forma que todos vejam seu conteúdo. Se os objetos mostrados formarem um par, os potes são retirados, o jogador ganha um ponto e tenta outra vez. Se não, os potinhos são virados novamente, com os objetos sob eles, e o jogador dará a vez a alguém da equipe contrária. O jogo continua até que não restem mais potes.

Ideogramas
Material necessário:
  • Papel
  • uma caneta ou lápis por equipe

Desenvolvimento: Um membro da equipe vai até o chefe, que lhe sussurra algo no ouvido. De volta ao seu grupo, a criança deverá desenhar o que seu chefe lhe disse. A primeira equipe que adivinhar o que o desenho representa vence o jogo. Não é permitido que o jovem dê qualquer tipo de pista, por meio de voz, gestos ou escrita.

Detetive

Material necessário: Nenhum

Desenvolvimento: Os participantes se sentam formando um círculo. Uma pessoa é escolhida como "Detetive", e se afasta um pouco. Um outro jogador, então, é escolhido como "Assassino", e o primeiro jovem toma novamente seu lugar no círculo. O "Assassino" deverá "matar" suas vítimas fazendo, discretamente, um sinal (uma piscada, mostrar rapidamente a língua, etc.) aos outros jovens, um de cada vez, sem que o "Detetive" o veja. Ao perceber o sinal, a vítima que foi "assassinada" se deitará. O "detetive" terá três chances de descobrir quem é o "assassino", ou terá que dar a vez a outro.

Stop
Material necessário:
  • um papel para cada participante
  • uma caneta ou lápis para cada participante

Preparação: Cada jogador deve dividir a folha de papel em seis colunas e escrever na parte de cima de cada uma delas uma categoria, como nome feminino, nome masculino, cor, fruta, objeto e CEP (Cidade, Estado ou País)

Desenvolvimento: Os participantes contam até três e falam já, mostrando um número com os dedos. Aí é só somar os dedos de todos os participantes e ver qual letra dá. Se o total de dedos for nove, por exemplo, a letra é "i". Então todos os jogadores têm que preencher as categorias com palavras que começam com a letra escolhida. Quem completar primeiro todas categorias grita "stop" e os outros páram de escrever. Cada palavra vale dez pontos. Mas, se outra pessoa escreveu a mesma palavra, ela só vale cinco. No cantinho da folha a criança vai anotando os pontos da rodadas. No final, é só somar. Quem tiver mais pontos ganha.

Gato Mia

Material necessário:Nenhum

Desenvolvimento: Uma pessoa fica de fora enquanto as outras se escondem em uma sala bem escura. Quando todo mundo estiver pronto, a pessoa entra e tenta encontrar os outros. Na hora em que achar alguém, tem de dizer: "gato mia!" O jogador pego responde com um miado disfarçando bem a voz. O outro tem que descobrir quem é ele. Se conseguir, é a vez do jogador pego sair da sala, esperar todo mundo se esconder e ir a cata dos "gatos". Mas, se for bom fingidor, fica livre.

Torce-retorce
Material necessário:
  • 15 folhas de papel (sendo três de cada cor)
  • fita adesiva
  • papel branco para escrever
  • caneta ou lápis
  • duas sacolas

Preparação: Corte três folhas de papel da mesma cor em forma de coração, três em forma de quadrado, três em forma de triângulo, três em forma de círculo e três em forma de losango. Espalhe as figuras pelo chão e cole com fita adesiva. Em pedaços de papel, escreva: mão direita, mão esquerda, cotovelo direito, cotovelo esquerdo, pé direito, pé esquerdo, queixo, coração, quadrado, triângulo, círculo e losango. Separe os nomes de partes do corpo e os nomes das figuras em duas sacolas.

Desenvolvimento: Divida o grupo em duplas. Um vai sortear e o outro da dupla vai executar as orientações. A ordem é seguir o que for sorteado (um papel de cada sacola). Por exemplo, se a dupla tirar "coração" e "mão direita", coloca a mão direita em um dos corações no chão. Fica nessa posição enquanto o outro jogador faz o sorteio. Quando todos tiverem feito isso, vem a segunda rodada. Se você tirar "losango" e "queixo", tem de colocar o queixo no losango, sem sair da posição anterior. Quem não conseguir fazer todas as combinações sai do jogo.

Tapão
Material necessário:
  • baralho

Desenvolvimento: O objetivo é acabar com suas cartas primeiro. Divida o baralho em montes iguais para cada pessoa. Os jogadores devem segurar o monte com as cartas viradas para baixo. O primeiro jogador pega uma carta do seu monte, coloca na mesa (virada pra cima) e diz "ás". O segundo faz o mesmo e diz "dois". O terceiro joga a sua carta e fala "três" e assim por diante. Qaundo coincidir de a carta colocada ser aquela que o jogador tiver falado, todo mundo tem de bater com a mão no monte de cartas da mesa. Quem bater por último pega o monte todo.

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.