Mulher

Escova progressiva Cabelos lisos por um mês, mas a técnica ainda não foi autorizada pela Anvisa.
Os salões de JF garantem que não faz mal à saúde

Sílvia Zoche
Repórter
27/12/2004
A cabeleireira Geralda Rocha fala do processo da escova progressiva e o cabeleireiro Juan Sartini fala sobre a fórmula usada na técnica.
Confira  Ouça   Veja  Leia

Foto site: http://www.artchique.com.br/cabelos.php Quem disse que não tem como deixar os cabelos ao vento, igual aqueles que você vê nas propagandas de shampoo? Agora é possível. Isso é o que prometem os salões de beleza que, há alguns meses, aderiram à técnica da chamada escova progressiva.

Por ser um método que usa formol no tratamento, a técnica tornou-se muito polêmica, apesar de alguns salões da cidade, garantirem que se a porcentagem estiver abaixo de 3,5% não existe perigo. Mas, de acordo com a Anvisa, o uso de formol, ácido fórmico, em alisantes capilares é proibido por ser prejudicial à saúde. Independente da polêmica causada, nesta matéria você vai conferir quem optou por fazer a escova progressiva mais de uma vez e quem garante que não quer fazer mais. Veja as diferentes opiniões.

Primeiro: o passo-a-passo da técnica

Fomos conferir o procedimento em um salão de beleza, em Juiz de Fora, e acompanhamos o cabelo da cliente até uma semana depois. Quem foi responsável pela aplicação do produto foi a cabeleireira Geralda Rocha de Jesus (foto à esquerda). O cabeleireiro, Juan Sartini, explica que nesta técnica o salão utiliza um produto com 2% de formol, queratina hidrolisada e emolientes. "A escova progressiva não vai danificar nem o cabelo, nem o couro cabeludo da cliente", garante.

Antes de mais nada, "é preciso que a pessoa vá a um dermatologista e veja se não tem alergia ao produto", lembra Geralda. Além disso, se os cabelos forem pintados, é preciso um intervalo de dez dias para fazer a escova progressiva. "Se a cliente pintar o cabelo e fizer a progressiva, os cabelos vão ficar manchados", alerta.

A cliente do nosso passo-a-passo é Aline Rocha de Jesus (fotos abaixo). Ela gostou tanto da técnica que faz a escova progressiva pela segunda vez. "Adorei fazer. A primeira vez, foi há dois meses. Não gosto dos meus cabelos enrolados", diz Aline. Abaixo, estão as fotos do antes, depois (no mesmo dia) e depois de uma semana. Confira como ficou:

Clique nas fotos para ver o passo-a-passo da escova progressiva

Foto: ACESSA.com - Antes Foto: ACESSA.com - Depois Foto: ACESSA.com - Depois
Antes Depois - mesmo dia 1 semana depois

Depois de terminada a técnica, que demora entre uma hora e meia a três horas - depende do tamanho e da quantidade de cabelo -, quem se submete à escova progressiva precisa ter alguns cuidados importantes. Durante três dias, os cabelos não podem ser lavados, presos, nem colocados atrás da orelha. Se a pessoa lavar antes do tempo, a química vai "literalmente pelo ralo". Se prender, os fios ficarão marcados. Na hora de dormir, um cuidado especial: durma em fronha de seda ou cetim. "Os cabelos deslizam e não marcam durante o sono", explica Geralda. "Com esses cuidados, o cabelo ficará mais liso por mais tempo".

Vale o quanto custa?

Foto: ACESSA.com O valor de uma escova progressiva varia de salão para salão e, também, de comprimento e volume de cabelo. O mais importante é que seja um local de confiança. Mas nem por isso você vai deixar de pesquisar os componentes usados pelo salão e o preço.

A equipe da ACESSA.com fez uma pesquisa de preços em cinco salões de Juiz de Fora referente ao cabelo da foto ao lado.

O preço de uma escova progressiva varia de
R$ 100 a R$ 250. Em um dos salões a técnica foi chamada de reestruturação térmica e o cabeleireiro afirmou que nesta técnica não é usado o formol, mas que o cabelo também fica liso. Outro tópico importante: a promessa de cabelos hidratados e sedosos, somente depois de uma análise capilar detalhada.

Mas qual a diferença entre o alisamento japonês o a escova progressiva? A explicação é que a progressiva vai saindo com as lavagens do cabelo. Já o alisamento só sai com o crescimento da raiz. Então, quanto mais se lava os cabelos, menos tempo dura a progressiva. "A escova pode durar dois, três meses ou um mês. Depende do cabelo", diz Geralda.

Agora, quem fez e não faria de novo

Conversamos com Carolina Fernandes Braga que também fez a técnica de escova progressiva e respondeu à ACESSA.com o que achou do resultado. Ela, que possui cabelos lisos na raiz e encaracolados nas pontas, experimentou a técnica, mas não faria de novo. Clique aqui e veja o porquê.

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.