• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Pedro Bismarck
    O cabo do Exército que virou comediante

    Ana Letícia Sales
    21/06/02

    Pedro Bismark, o Nerso da Capitinga que hoje faz tanto sucesso na TV, nasceu em Muriaé e com 18 anos veio para Juiz de Fora, servir o Exército. No 4º Esquadrão de Cavalaria do Exército, onde foi cabo por cinco anos, o comediante já inventava situações para divertir os colegas. Pedro, que é o nome artístico de Adenílson Pedro da Cruz, conta que desde criança sempre teve facilidade para contar piadas. "Além de saber fazer rir, eu nunca tive vergonha de subir aos palcos para o público. E isso facilitou meu início de carreira". Carreira que começou em 1984, antes mesmo de sair do Exército.

    Em 1983 chegou a participar de uma peça do Grupo Divulgação. "A peça se chamava Dr. Getúlio, sua vida e sua glória, mas infelizmente eu não fiquei com o grupo por muito tempo. O teatro precisa de muita dedicação e naquela época eu ainda estava no Exército", explica. Em dezembro de 1984 Pedro subiu ao palco para apresentar seu primeiro show, no antigo Pirandello, no bairro São Mateus. O espetáculo Show de Humor com Pedro Bis era uma coletânea das melhores piadas que o comediante conhecia e ficou em cartaz por três meses. Neste mesmo ano, Pedro desistiu do Exército para se casar com Maria José. Desde então Adenílson incorporou de vez o comediante Pedro Bismarck e decidiu firmar sua carreira em Juiz de Fora.

    Na década de 80 os freqüentadores de bares e restaurantes de Juiz de Fora passaram a conhecer os inúmeros personagens caricatos de Pedro. Marieta, a fofoqueira; Astolfo, o namorador; Pudim de Cachaça, o bêbado (que é um dos seus favoritos); Neiva Zelina, o travesti; e Denílson, o jeca que se tornaria mais tarde o famoso Nerso da Capitinga. Nos anos seguintes, o show foi aprimorado e em 1985, também no Pirandello, Pedro se apresentou com três shows diferentes. No ano de 1987 estreou a comédia Rasgando o Vergo, com a qual ele sai em turnê.

    Muito riso na telinha
    A ida para a TV aconteceu em 1990, quando conheceu Chico Anysio. O sobrenome mudou de Bis para Bismarck por sugestão de Chico, que também decidiu transformar o personagem Denílson em Nerso. "Denílson era um nome muito chic para um caipira", ri Pedro. A partir de então o caipira se tornou aluno do humorístico global "Escolinha do Professor Raimundo". Foram 288 programas de outubro de 90 a setembro de 91.

    Depois de uma rápida passagem pelo SBT em 93, onde participou do humorístico "A praça é nossa", voltou para a TV Globo em 94 e, até 95, Nerso freqüentou a “Escolinha”. De 96 a 98, passou por diversos programas da globo, desde “Domingão do Faustão”, “Casseta & Planeta”, “Muvuca”, até “Os Trapalhões”, “Angélica”, “TV Colosso” e “Brasil Legal”. Pedro Bismarck também atuou como o protagonista de um “Você Decide”.

    Desde 1999 o comediante mostra seu talento, interpretando o caipira Nerso, com a esposa Candinha no Zorra Total. Outros personagens surgiram fora do quadro da “Escolinha” como o Feliciano Morreu. Em 2000, Pedro apareceu também no cinema, em “Amélia”. Mas seu primeiro longa foi “Menino Maluquinho 2 - A Aventura”, lançado em 1998. Atualmente, além do trabalho na TV, Pedro viaja com a peça Risada pouca é bobagem.

    Para o comediante, o fato de muitos atores de Juiz de Fora estarem fazendo sucesso nacional deve-se a "mineirice". E ele tece inúmeros elogios ao jeitinho mineiro. "Quem é de Minas se dá bem em qualquer lugar, pois ninguém tem receio de nosso povo", diz. Ele se orgulha de ter nascido no estado, pois segundo ele para os mineiros todas as portas estão abertas. "Abertas não, arreganhadas", completa.


    Arquivo
    geral

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.