• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Scheila Carvalho A ex-dançarina do grupo É o Tchan se sente uma "baianeira", pois carrega os sotaques de Minas e da Bahia

    Priscila Magalhães
    Repórter
    24/08/2007

    "Quem me dera!". Esta foi a frase dita por Scheila Carvalho quando os colegas do banco, onde trabalhava em Juiz de Fora, disseram que ela deveria se inscrever no concurso que escolheria a nova Morena do Tchan.

    Scheila começou a dançar desde os quatro anos de idade. Fez balé, jazz, lambada e já fazia da dança uma profissão quando passou no concurso. Ela dava aulas de lambada. "Quando eu era pequena tinha vontade de ser artista. Ficava dançando em frente ao espelho imitando a Simoni e a Patrícia Marx".

    Foi com o apoio da família que veio a frase "Eu vou". Scheila resolveu se inscrever do concurso. Na época usou o dinheiro que tinha guardado para comprar um carro e gastou tudo em passagens de avião para ir até Salvador participar das eliminatórias. "Era muito difícil, além de trabalhar todos os dias da semana, ainda não tinha dinheiro sobrando".

    Na primeira vez que foi à Bahia, Scheila estava de férias. Foi passear em Porto Seguro e não queria voltar pra Juiz de Fora. "Me acabei de dançar naquelas barracas e só pensava que lá devia ser minha terra".

    O início

    A morena estreou no É o Tchan há 10 anos, em 21 de agosto de 1997. E a frase que mais passava na cabeça dela era "será que vou dar conta?". "O começo foi muito assustador. Eu fiquei abobada e a ficha custou a cair. Na minha estréia, percorremos quase seis horas de trio, e eu dançando direto. Até meu pulso doía, de tanto dar tchau para os fãs".

    Foto da Scheila Carvalho Foto da Scheila Carvalho Foto da Scheila Carvalho

    Com um sorriso estampado no rosto, Scheila relembra seu primeiro carnaval em Salvador, como morena do Tchan. Chorei de tanta emoção e fiquei maravilhada ao ver aquele tapete de gente. Eu sempre tive o sonho de conhecer a Bahia, mas nunca imaginei que seria em cima de um trio elétrico. Além disso, era ótimo ver minhas fotos nas revistas e nos jornais".

    Na época de auge, o grupo fazia shows de quarta a domingo e ela vivia para o trabalho. "Era uma vida muito corrida e o assédio dos fãs era enorme. Eu não podia ir ao shopping, porque acabava estragando o passeio de quem estava comigo".

    Scheila diz que o É o Tchan proporcionou muitas coisas que seriam difíceis de conseguir. "Quando ainda morava em Juiz de Fora tinha o sonho de conhecer a Disney. Tirei o passaporte, mas não consegui o visto. Depois que entrei para o grupo, já fui oito vezes e levei quase toda a família. Além disso, pude comprar carro, casa e fazer outras viagens".

    Em Juiz de Fora o assédio também era muito grande. "O tempo amenizou e hoje as pessoas já se acostumaram. Gosto muito do assédio e nunca deixei de levar uma vida normal e fazer as coisas que gosto".

    Planos
    Foto de Scheila Carvalho com a mão na barriga

    Scheila está grávida de quatro meses e vai ser mãe de um menino. Como muitas mães, ela também queria uma menina, mas está super feliz. "Dizem que quando o menino vem primeiro, ele toma conta da irmã. Então, estou feliz também", diz, enquanto se olha no espelho e passa a mão na barriga.

    Mesmo grávida ela não pretende parar de trabalhar. Pelo contrário. Está cheia de planos para atingir uma carreira nacional. Há seis anos, Scheila apresenta o programa Bom Demais - o nome é uma homenagem aos mineiros - na TV Itapoã, afiliada Record na Bahia.

    O projeto é gravar, na Bahia, um programa que seja exibido em rede nacional. Ela diz que com todo esse tempo de experiência se sente preparada para colocar este projeto em prática. "A idéia é mostrar a Bahia para todo o Brasil, com seus principais pontos turísticos, a música e a cultura".

    No momento, o foco dela é ser apresentadora. Recebeu convite do programa A Praça é Nossa para voltar a atuar, mas não aceitou. "Fiquei quase três anos no programa, mas não aceitei, porque quero crescer como apresentadora de TV".

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.