• Assinantes
  • Culinária chinesa desperta curiosidades Arroz, carne de porco, peixe, frango, soja e derivados, verduras e legumes são os ingredientes principais da alimentação no país das Olimpíadas 2008



    Daniele Gruppi
    Repórter
    06/08/08

    A China está em evidência, atualmente. O país sede das Olimpíadas desperta a curiosidade dos juizforanos em relação à cultura e à gastronomia. Os rolinhos primavera e o frango xadrez são alguns dos pratos conhecidos no Brasil, mas a culinária chinesa é bem variada, sendo considerada uma das mais ricas do mundo.

    Pratos exóticos, como grilos, escorpiões, lacráias, cigarras e cobras são comuns. Entretanto, a base da alimentação inclui o arroz, peixe, camarão, soja, verduras e legumes. Se no Brasil a carne de boi predomina nas refeições diárias, na China é a de porco.

    A técnica em nutrição Geicilene Cristina dos Santos estudou a cozinha chinesa e afirma que os pratos são fartos, diversificados e saudáveis. "Os chineses têm a consciência da importância de uma alimentação saudável".

    O chinês Wu Wei Shi ou Roberto - nome que adotou (foto abaixo) - mora há 16 anos em Juiz de Fora. Apesar de estar no país há bastante tempo, ele diz que não gosta muito da comida brasileira. Os pratos são muito condimentados, engorda muito. Em casa, ele prefere comer pratos típicos do país de origem.

    Logo quando os chineses acordam, já na primeira refeição, o arroz aparece. O arroz chinês é preparado apenas com água, sem tempero. Alice Lee, há 28 anos no Brasil, explica que o prato lembra a canjiquinha amarela, tradicional na mesa dos brasileiros. Para acompanhar, uma dose de chá chinês ou leite de soja. Roberto diz ainda que se come também de manhã macarrão de arroz e pão doce.

    Alimentação com verduras e legumes
    Foto do Roberto No almoço e jantar, os chineses se deliciam com os legumes e verduras. "Comemos muito repolho, acelga, couve chinesa, mostarda, broto de bambu e de feijão", diz Roberto. O peixe, o camarão, a soja e a carne de porco, além do arroz são ingredientes que costumam ser degustados junto com os legumes e as verduras.

    Se existe um ditado que os chineses não desperdiçam nada, Roberto pode confirmar a teoria. "No Brasil, joga-se osso fora, mas ele faz muito bem para a saúde. Quando alguém está com problema na coluna, compramos osso para ajudar a melhorar", conta Roberto.

    Os chineses também adoram sopa. Em relação ao tempero, o molho shoyo é um dos principais. Roberto diz que é usado também o glutamato monossódico e pitadas de açúcar. O sabor mescla o picante com o agridoce, o salgado e o doce.

    Roberto diz que na China encontram-se as mesmas frutas existentes no Brasil e ressalta a melancia, a maçã e a manga. A bebida alcoólica típica é uma espécie de cachaça, mas ele afirma que as pessoas mais novas não gostam e que em festas a cerveja é a mais pedida.

    O chinês declara que os refrigerantes não são muito consumidos. "Não gostamos muito. Tem gás e faz ficar gordo", comenta. Apesar da comida chinesa não ser muito difundida no Brasil, Alice revela que é possível encontrar facilmente, em terras tupiniquins, os alimentos tradicionais da China, principalmente em São Paulo.

    Ela conta que está bem adaptada na cidade e que não tem vontade de voltar a viver em sua terra natal. Roberto revela que sente saudades e que pretende voltar à passeio a Pequim, cidade onde nasceu. "Só fui lá três vezes depois que vim para o Brasil. Quero ir de novo, mas não tenho tempo por causa do trabalho".


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720