Tecnologia
Adilson Almeida Adilson Almeida 5/9/2011


Usar a internet no horário de trabalho aumenta a produtividade

InternetUma empresa pode não permitir que um funcionário navegue na internet durante o horário de trabalho. Mas se o acesso a internet, de forma moderada, for liberado aos funcionários pode realmente aumentar a capacidade de produção.

Estudo mostra que quem navega com moderação na web durante sua jornada de trabalho tem melhor desempenho em suas tarefas. De acordo uma equipe de pesquisadores da Universidade Nacional de Cingapura a liberdade de acessar sites na internet oferece uma "recompensa imediata" e ajuda os trabalhadores a "restaurar recursos drenados pelo trabalho".

A pesquisa foi feita com 98 pessoas com idade média de 21 anos. Elas foram divididas em três grupos de controle. Cada equipe ou navegava na internet por dez minutos, ou não acessavam a internet e faziam qualquer outra coisa, ou realizavam a tarefa de empilhar varetas em grupos de cinco. Após o período, cada grupo teve que efetuar uma tarefa de grifar as letras "a" que apareciam em um texto de 2 mil palavras em mais dez minutos. Depois dos testes, os participantes responderam um questionário para ajudar a determinar os níveis de tédio, exaustão mental e engajamento psicológico.

Com os resultados foi possível identificar que o grupo que obteve melhores resultados foi o grupo que acessou a internet. Além disso, este grupo estava com menos exaustão mental e tédio.

Vale dizer também que alguém que passa a maior parte do dia acessando o site de novelas ou de esportes, obviamente, vai ter problemas para trabalhar. De fato, os pesquisadores de Cingapura dizem que os chefes devem dar uma "quantidade limitada de uso pessoal da web", implicando que gastar muito tempo com assuntos não relacionados ao trabalho não é uma coisa boa.

Agora você tem um argumento embasado para pedir a seu superior a liberação da internet, de forma moderada, em seu serviço.

Mais artigos

Adilson Almeida é bacharelando em Sistemas de Informação. É Técnico de Suporte de Infraestrutura. Integra a equipe do projeto Prevenus, que estuda as prevenções para doenças ocupacionais na área de informática.

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.