Saúde


Artigo
Acupuntura Chinesa
::: 30/09/2003

Acupuntura é o termo usado no Ocidente para referir-se a Chen Chiu, um antigo método de tratamento chinês, que se baseia na estimulação de determinados pontos da pele com agulhas (Chen) e com fogo (Chiu).

Chen Chiu, estritamente dito, é o nome das técnicas que se traduzem por Acupuntura (do latin: acus = agulha, e puntura = punçar).

A medicina tradicional Chinesa é, a arte de tratar e prevenir doenças e teve sua origem na China há cerca de cinco mil anos. Está baseada no Tao, no Yin/Yang como forças opostas e complementares, presentes em todos os seres e organismos.

Uma de suas técnicas mais conhecidas é assim, a Acupuntura e a Moxa, que chegaram ao Ocidente no início do século XX. Posteriormente vieram a Fitoterapia, a Auriculoterapia, a Quiropuntura, assim como todas as terapias afins como Moxabustão, a Massagem Oriental, as terapias corporais como An Má, Do-In, Quiroprática, Shiatsu, Tui-Ná; e exercícios terapêuticos como Liang Gong, Qi Gong, e Tai Chi Chuan.

O que é Acupuntura
A Acupuntura trata as doenças por meio de agulhas, que inseridas em determinados lugares do corpo (pontos de Acupuntura) estimulam o aumento do fluxo da energia Ki, e aplicando certos meios de manipulação, pode curar uma enfermidade, isto é, reequilibrar o órgão ou área em desequilíbrio.

A Acupuntura Chinesa tem, demonstrado nos últimos 5.000 anos, sua eficiência nos tratamentos de alívio das dores em geral (tanto crônicas como agudas).

Como a técnica é feita?
A técnica em si consiste em estimular certas regiões anatômicas, como já dissemos denominadas pontos de acupuntura. Os pontos de energia podem ser ativados por estímulos físicos tais como: dedo, esfera metálica, calor, eletricidade, magnetismo, cor, laser, esparadrapo e agulha, que ainda é o instrumento mais conhecido, simples, prático e quase indolor, visto que as agulhas de acupuntura são muito finas e a introdução na pele é feita através de técnicas especiais, permanecendo no corpo por um período médio de 20 a 40 minutos.

Além do corpo físico, os acupunturistas consideram a existência do Ki (energia), que circula através de canais invisíveis chamados meridianos, os quais formam uma rede interligando os pontos de Acupuntura, os órgãos, os tecidos e todas as células. As doenças são observadas e analisadas como disfunções energéticas onde o Ki (energia) não circula fluentemente pelos meridianos, surgindo então áreas congestionadas com excesso, e outras deficientes.

Acupuntura causa dor?
Uma das perguntas mais comuns que nos fazem é se a Acupuntura é dolorosa, se o paciente sente dor na inserção das agulhas. A resposta que passamos é através da explicação de que as agulhas mais usadas têm mais ou menos a espessura de um fio de cabelo, cerca de 10 vezes mais fina que uma agulha comum de injeção. Assim, explicamos que, a aplicação das agulhas costuma ser quase totalmente indolor.

A avaliação energética é realizada através do relato do cliente, momento em que o terapeuta é um ouvinte atencioso a cada informação que lhe seja passada, seguido este diálogo do exame da língua, da palpação do corpo, da análise do pulso radial, e avaliação do estado geral, e da fisiognomonia.

Os acupunturistas utilizam-se também dos recursos da Lei dos 5 Elementos (Madeira, Fogo, Terra, Metal e Água), que envolvem não apenas o ser humano, mas os alimentos, a natureza, e tudo o que nos cerca. Do micro ao macrocosmo os chineses desenvolveram uma interpretação do estado do ser humano e das coisas que o cercam.

Partindo do princípio de que: - "Quantidade afeta qualidade em qualquer coisa na vida", podemos entrar em desequilíbrio energético, seja por falta ou por excesso de energia nos órgãos que compõe nossa natureza física.

Os antigos chineses observaram 12 "órgãos" que são responsáveis pela saúde quando estão em equilíbrio, são eles:

  • Pulmões/Intestino grosso (Metal)
  • Estômago/Baço-pâncreas (Terra)
  • Circulação-Sexo/Triplo aquecedor (Fogo)
  • Coração/Intestino delgado (Fogo)
  • Bexiga/Rins (Água)
  • Vesícula biliar/Fígado (Madeira)
  • Por cada um destes "órgãos" circula a energia Ki deslocando-se, no nível subcutâneo, através de linhas preferenciais denominadas meridianos. Esses canais imateriais conduzem a energia diferenciada em variadas combinações Yin-Yang, cujos fluxos se intercambiam alternante e complementam no corpo, constituindo um sistema responsável pela defesa, regulação e ressonância do organismo em relação às influências cósmicas.

    Saúde implica, em primeiro lugar, na circulação adequada da força vital através de canais livres e desimpedidos.

    Cada meridiano é formado por um número determinado de pontos que transmitem a energia em sentido e ordem sempre constantes. Existem vários tipos de meridianos conforme a função que desempenham, sendo 14 considerados importantes - 12 meridianos principais (pares e simétricos) e 2 meridianos extras (ímpares). Os demais, destituídos de pontos próprios, são os meridianos virtuais que somente se manifestam nos estados patológicos e os meridianos de ligação denominados Vasos Secundários.

    A acupuntura, desde que praticada por um profissional capacitado é um método seguro e sem efeitos colaterais.

    Hoje em dia, com o uso de agulhas descartáveis ou individuais, o risco de contaminação praticamente desaparece. Outro dado importante é que a agulha utilizada é do tipo fechada, o que impossibilita o acúmulo de qualquer substância no seu interior.

    Em geral, o tratamento tem a duração de 10 a 20 sessões. O intervalo entre as sessões depende da intensidade dos sintomas. Nos problemas crônicos, as sessões geralmente são semanais. Os resultados já podem começar a aparecer desde a primeira sessão ou então há uma melhora progressiva.

    A colocação das agulhas é feita por todo o corpo, nos pontos ao longo dos meridianos. As sessões são feitas com a pessoa deitada, mas pode ser feita também com o paciente sentado. O tempo de cada sessão em média dura cerca de 60 minutos, podendo ser aumentadas ou diminuídas em função do estado da pessoa.

    Quais as vantagens da acupuntura?
    A Acupuntura pode tratar inúmeras doenças e aliviar muitas dores e deve ser enfatizado que também é um tratamento preventivo, ou seja, a Acupuntura pode ser aplicado no indivíduo sadio, para estimular seu sistema imunológico, suas energias, permitindo assim prolongar seus períodos de bem-estar e de saúde. Assim, explicamos que a circulação harmoniosa das correntes energéticas pelo corpo impede o aparecimento das doenças.

    Apresenta expressivos resultados nos casos de vícios (tabagismo, drogas), em obesidade (gula ansiosa, compulsão). Clique aqui para saber mais!

    Tratamentos
    Nos tratamentos da coluna vertebral, tem auxiliado cada vez mais os pacientes portadores de distúrbios diversos, seja no desconforto em relação a dor como em reequilíbrio da postura física.

    Nos casos de estresse, ansiedade, depressão, é um excelente recurso, pois aumenta e equilibra o fluxo de energia, trazendo bem estar, alívio e disposição em geral.

    Entre os tratamentos que podem ser tratadas com a acupuntura, destacamos também as desarmonias funcionais e as causadas por intoxicação alimentar, sedentarismo, má postura e desequilíbrios emocionais.

    De uma forma geral os quadros que estão numa fase de desequilíbrio energético, apresentam melhoras e benefícios quando tratadas pela acupuntura. Estes quadros se não corrigidos podem levar à instalação de doenças lesionais e dores.

    A acupuntura é plenamente compatível com outros tratamentos. Podendo ser feita isoladamente ou concomitantemente a outros tratamentos, como homeopatia, fitoterapia, florais e mesmo os tratamentos da medicina convencional. Na prática, observa-se que a acupuntura atua no sentido de diminuir a duração dos outros tratamentos.

    Reconhecida e recomendada pela "O.M.S." (Organização Mundial de Saúde) tem ajudado cada dia a um maior número de pacientes tanto no Oriente como aqui no Ocidente.

    Com sinceros votos de muita paz a tudo e a todos, ficamos à disposição para responder e esclarecer pontos relacionados a este tema.

    Encerramos com saudações holísticas!


    Armando Falconi Filho
    é terapeuta holístico, consultor, advogado
    Saiba mais clicando aqui.

    Sobre quais temas (da área de terapia holística) você quer ler nesta seção? O terapeuta Armando Falconi aguarda suas sugestões no e-mail viver_serholistico@acessa.com

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.

    Claudia Ferreira: Eu amo e os resultados são ótimos!

    Sandro Psol Carapicuiba: A maravilhosa a filosofia que embasa a ciência da acunputura .