• Assinantes
  • Saúde

    Água não emagrece!

    Repórter Ana Maria Reis
    17/02/2001

    Ao contrário do que é divulgado em vários sites de saúde, a ingestão pura e simples de água não emagrece. No entanto, ela continua sendo tão imprescindível quanto antes. Ingerir líquidos indiscriminadamente só reduzirá o peso se nesta dieta estiverem associados legumes, verduras e frutas, além da prática de atividades físicas. Mas, antes de matricular-se em uma academia de ginástica e fazer a feira no domingo, tome um copo d’água e leia esta matéria.

    Não reduz a absorção de gorduras, mas dá sensação de saciedade:
    Ao contrário do que se pensa, a água não reduz a absorção de gorduras. Segundo o endocrinologista Gilson José de Oliveira, esta função é dos sais biliares do intestino delgado, que absorvem o colesterol e gorduras em geral.

    A grande ajuda da água no emagrecimento é a chamada a sensação de saciedade. "Ao ingerir líquidos e comer frutas, durante os intervalos das refeições, o paciente terá a sensação de estar com o estômago cheio com menos alimentos", sugere o endocrinologista.

    Reponha a água perdida!
    O organismo pode perder até dois litros e meio de água ao dia, dependendo do clima e da estação em que estivermos. "Tendo uma dieta leve e saudável, a base de frutas e verduras e redução do sal, o ideal é beber um litro de água potável ao dia", recomenda a nutricionista Cristina Lopes.


    Para o endocrinologista Gilson José de Oliveira, o mínimo de água a ser reposto no organismo é de dois litros ao dia, através da alimentação e da ingestão de líquidos. Mas ele sugere que não se limite os copos de água. Neste caso, quantidade é qualidade.

    Restrinja os horários:
    A nutricionista Cristina Lopes considera que só há uma restrição quanto a ingestão de líquidos: durante as refeições maiores, isto é, almoço e jantar. "O ideal é que se beba água ou sucos naturais, meia hora antes de começar a comer e, após a refeição, cerca de uma hora e meia depois", explica a nutricionista.

    O endocrinologista Gilson José de Oliveira concorda que a água pode umedecer o bolo alimentar, facilitando, assim a digestão. No entanto, ele recomenda não tomar líquido em excesso durante a refeição. Tomar vários copos de suco enquanto se come, dilata o estômago que, sob o ponto de vista estético, não é o ideal.

    Para o endocrinologista, muitas pessoas acham que têm barriga, mas na verdade, através do erro alimentar de associar alimentos ricos em caloria e líquido, possuem, na verdade, o estômago dilatado.

    Por que é bom beber água?

    • Previne a celulite e deixa a pele mais bonita: A dermatologista Maria Margareth Ignacchitti Gomes fala que é fundamental a ingestão da água para que manter o tônus da pele, evitando o aspecto murcho e as olheiras. O hábito de beber água, repondo o que se perde de líquido no organismo, também melhora a circulação sangüínea e a eliminação de toxinas, prevenindo, assim, o aparecimento da celulite, recomenda a dermatologista.
    • Hidrata as células e regula a temperatura do organismo: - Como grande parte das células é composta de água, a ingestão de líquidos é fundamental para a hidratação e renovação das células da pele e demais orgãos. Beber muita água facilita o bom desempenho da pele ao promover a regulagem térmica, fundamental para o bem estar do organismo, avalia a dermatologista.
    Dicas:
    • Água hidrata naturalmente a pele. Os hidratantes artificiais não repõem a água perdida pelo organismo, apenas evitam esta perda em excesso.
    • Água está presente na manutenção e multiplicação celular e na formação de secreções, como as lágrimas.
    • Doses generosas de água resultam em urina clara e sem cheiro forte.
    • Água previne doenças. Tomar água evita a formação de cálculos renais, impedindo a cristalização de sais que passam pelos rins.
    • Se você passa muito tempo ocupado com uma determinada função, deixe uma garrafa de água a seu alcance e passe essas horas se hidratando sem ter que sair do lugar. No verão, evite comidas salgadas.
    • Líquido em excesso durante o almoço atrapalha o processo de digestão, diminuindo a ação de enzimas e alterando o tempo de passagem dos alimentos do estômago para o intestino.
    • Os líquidos ajudam o funcionamento do intestino fazendo murchar a barriga. A famosa barriguinha pode ser conseqüência de gases acumulados.
    • As frutas que contém mais água são as ácidas - laranja, limão, abacaxi, acerola e outras, como melancia e melão.
    • Água é essencial. Para os obesos, ela é imprescindível, pois acelera o funcionamento dos rins, evitando a retenção de água e inchaço das pernas. Neste caso, coma menos e mais vezes, em um intervalo de 3 em 3 horas. Entre as refeições maiores, prefira frutas e queijo e, logicamente, muita água! Atenção: dietas inferiores a 1.200 Kcal/dia não são recomendadas.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.