• Assinantes
  • Zona Pink

    JF Rainbow Feira Mix
    Com 25 stands no Espaço Mascarenhas, a feira mostra estilos alternativos da moda, com expositores de diversos pontos do Brasil

    Repórter: Sílvia Zoche
    Edição: Ludmila Gusman
    Designer: Lívia Mattos
    19/08/05


    Para ver algumas das novidades da feira Mix, clique no ícone ao lado. São roupas, acessórios, massoterapeuta...

    Oh, yes! Juiz de Fora também tem Feira Mix! E, nessa edição, a parceria da estilista Tarcila Pipa Cajazeira com o Movimento Gay de Minas (MGM) resultou em 25 stands que trazem três dias de moda alternativa, massoterapeuta e até uma mini-boate. "Além de Juiz de Fora, terão profissionais de Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília", diz a estilista. As grifes cariocas Sisi, Erwin, Santa Inocência e Prata Trabalhada também marcam presença.

    Para chegar ao resultado final a equipe trabalhou em um mês e dez dias. "Está simples, mas muito bacana", comenta Tarcila. Ela conta que já produziu uma feira mix antes, porém com a parceria de duas pessoas. "Isso foi em 2000, aqui em Juiz de Fora mesmo, no antigo Cine Veneza. Este ano, resolvi ir ao MGM, sozinha, e perguntei se eles tinham interesse. Quando disseram que sim, fui atrás das pessoas que tem a cara desta feira".

    Tarcila tem muita experiência neste tipo de evento. Em seu currículo tem participações, como expositora, na BSB Mix (Brasília), Mercado Mundo Mix - que não existe mais (SP), Babilônia Feira Hype (RJ), Mercado das Pulgas (RJ) e Mercado Negro - que teve somente duas edições (BH).

    Para o JF Rainbow Feira Mix ela traz muitas novidades, entre elas: camiseteiro com temáticas diversificadas pra sair na balada, stand de cueca feminina e masculina. "As cuecas são de São Paulo. É demais", diz Tarcila. Óculos super estilosos de uma grife de Brasília e de Juiz de Fora; estilistas de Juiz de Fora, claro, como Fernanda Zick, com coloração tie die; artista plástica, como Adriana Prata, com produção para quem curte caixas, papier maché e afins; tricô; artigos indianos, como os da marca Sanga; tudo o que uma loja pode vender com o tema arco-íris.

    Pra não se perder da turma na night, a mix tem stand de acessórios fluorescentes; também tem bolsas feitas de lona de caminhão (Maria Buzina) e, óbvio, moda feminina e masculina, para o público que gosta do jeito hype e alternativo de ser, como a da grife juizforana Salve a Rainha. "Tem muitas coisas bacanas. Uma delas são umas camisas, pintadas à mão, com gravuras de tatuagem", diz Nivea Heluey, proprietária da marca.

    Tarcila lembra que entre os expositores existem alguns juizforanos que não são conhecidos na cidade, mas exportam seu trabalho. "São profissionais que não são vistos aqui, mas que serão conhecidas na feira, como da marca Maria Buzina, que são bolsas exportadas para Alemanha".

    A decoração fica por conta de cada stand, separado dos outros pelas araras. Se cansar de bater perna, é só pedir os serviços de um massoterapeuta, que trabalha com um cirurgião plástico no Rio de Janeiro. Você paga e escolhe: na maca ou na cadeira.

    E por falar em pagar, a entrada é R$ 2. A feira funciona nas seguintes datas:

  • 19 de agosto (sexta), de 14h às 22h
  • 20 de agosto (sábado), de 10h às 22h
  • 21 de agosto (domingo), de 11h às22h.

    Boas compras!

  • O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.