• Assinantes
  • Sexta, 14 de setembro de 2007, atualizada às 16h19

    Juiz de Fora vive o Dia da Não-Violência a Mulher


    Thiago Werneck
    Repórter

    Juiz de Fora comemora o Dia Municipal de Não-Violência à Mulher, neste sábado, dia 15 de setembro. Um estande vai ser montado em frente ao Cine- Theatro Central para distribuir panfletos incentivando denúncias contra agressão, mostrando também as providências a serem tomadas, além de conscientizar as pessoas sobre os direitos da mulher.

    Entre as entidades que participam da campanha está a Casa Abrigo Mulher, instituição que recebe aquelas que sofreram algum tipo de agressão ou graves ameaças. Por se sentirem desprotegidas elas preferem não voltar para casa. Essas mulheres recebem apoio psicológico, social e jurídico.

    O dia 15 de setembro foi escolhido como forma de homenagear à jovem Aline Aparecida da Silva Salgueiro, assassinada pelo companheiro na mesma data, em 2005. O evento é realizado pela Associação Municipal de Apoio Comunitário (AMAC). A distribuição de panfletos acontece de 8h às 12h.

    O primeiro passo em caso de agressão é registrar boletim de ocorrência na Polícia Militar. Outra alternativa é procurar a Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Mulher, pelo telefone (32) 3229-5822, ou na própria sede da Polícia Civil (Rua Custódio Tristão, s/n, em Santa Terezinha).

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.