• Assinantes
  • Só Sabor

    Ruas famosas são homenageadas em cardápio Ruas famosas do mundo inteiro dão nomes aos wrap's
    de uma casa noturna de Juiz de Fora



    Marinella Souza
    *Colaboração
    14/08/08

    Uma casa noturna recém-inaugurada em Juiz de Fora decidiu fazer um cardápio para lá de original. Usando nomes de ruas conhecidas pelo seu charme e glamour, batizou a seção do seu cardápio que mais tem agradado os convivas, os wrap's.

    O gerente Daniel Yazbeck explica que o cardápio se adequa ao conceito da casa. "Queríamos fazer desta rua, mais uma rua com um charme a mais no mundo. Assim como a 5ª Avenida, nos EUA ou a Champs Elysée, em Paris. A idéia é aderir esse espírito cosmopolita, de várias nações em um mesmo lugar".

    Daniel conta que o cardápio foi elaborado pela antiga chef da casa, que fez um estudo do que é consumido em cada país para criar os recheios típicos. Dessa forma, o wrap que representa os EUA, por exemplo, tem salsicha no recheio, numa alusão ao famoso hot dog; seguindo essa linha, o recheio do wrap simbólico da França, só podia ser quatro queijos.

    Mas engana-se quem pensa que somente os estrangeiros têm vez nesse cardápio. Daniel garante que o foco é mesmo o Brasil. "A maioria dos rap's levam nomes de ruas brasileiras, usando recheios que representam cada local. O Rua das Pedras, por exemplo, tem recheio de frutos do mar", revela.

    Constam do cardápio, também, ruas de São Paulo, Rio de Janeiro, Argentina, Índia e, claro, de Juiz de Fora. A rua W, nome da rua onde fica a casa noturna em Juiz de Fora, conhecida pelo movimento noturno, está devidamente representada nesse inusitado cardápio.

    O que é wrap?

    Muito bacana essa idéia de criar um cardápio cosmopolita, homenageando as ruas charmosas do mundo inteiro, mas... o que vem a ser um wrap? A chef da cozinha do lugar há pouco mais de uma semana, Isabel Jung, explica que os wrap's são "uma espécie de panqueca com recheios variados.

    A massa é sempre a mesma, o que varia são os recheios que, como Daniel já explicou, não são aleatórios e simbolizam a culinária de cada local. "A massa já vem pronta e é muito leve, sequinha, ideal para ser consumida à noite".

    Foto de rap Foto de rap Foto de rap

    Segundo Isabel, os ingredientes também são delicados e, sendo uma refeição pequena, não pesam no estômago, o que é uma grande vantagem para quem está curtindo uma noitada. "O wrap é do tamanho daquela fome que dá no meio de uma balada. Ele é o suficiente para matar a fome e voltar para a pista para dançar", diz.

    Por ser uma refeição leve, Isabel acredita que deve ser consumida com quase todos os tipos de bebidas. Vinho, caipirinha, vodca, suco ou refri estão entre as suas favoritas, já a cerveja é desaconselhável porque é uma bebida mais pesada. "Na verdade o ideal é seguir o recheio, se for carne ou queijo, vinho; frutos do mar, caipirinha; e por aí vai", orienta.

    Foto de rap Foto de rap Foto de rap

    O wrap é um prato simples e rápido de fazer, em no máximo, 15 minutos fica pronto e o sabor é muito gostoso. A moça revela que o prato sai bastante e não se ouve reclamações.

    *Marinella Souza é estudante de Comunicação Social na UFJF


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.