• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Segunda-feira, 8 de abril de 2013, atualizada às 18h45

    Campanha contra o câncer oferece cem consultas gratuitas em JF

    Andréa Moreira
    Repórter
    Exame de mama

    A campanha O câncer tem cura, se o diagnóstico for precoce, promovida pelo Instituto Oncológico e Hospital Nove Julho, irá oferecer cem consultas gratuitas para a população de Juiz de Fora e região. Lançada nesta segunda-feira, 8 de abril, a ação marca o Dia Mundial de Combate ao Câncer, lembrado nesta data. "Iremos realizar 20 consultas clínicas de triagem aos sábados. As primeiras consultas serão realizadas já no sábado, 13", explica a médica oncologista Roberta Wolp Diniz.

    A médica lembra, ainda, que as consultas acontecerão sempre no período da manhã, a partir das 8h. "No mês de maio, teremos atendimentos nos dias 11 e 25 e, em junho, nos dias 8 e 22."

    A campanha é direcionada para pessoas acima de 45 anos, que tenham algum histórico familiar de câncer, já tenham feito tratamento anterior ou tenham alguma suspeita. "A triagem será feitas por clínicos gerais. Caso seja detectada alguma suspeita, as pessoas serão encaminhadas para os ambulatórios de clínicas especializadas em mama, próstata, urologia, oncologia clínica, cirurgia de cabeça e pescoço e pele", ressalta Roberta.

    As pessoas interessadas em participar da campanha devem agendar até a próxima sexta, 12, das 14h às 18h, pelos telefones (32) 3690-8093 ou (32) 3690-8099. Para se consultar, é preciso apresentar documento de identidade, CPF, comprovante de residência e o Cartão SUS. "As pessoas têm que entender que quanto mais precoce for realizado o diagnóstico, mais rápido o câncer será tratado e, consequentemente, o paciente terá mais chances de cura", destaca a Roberta.

    Para a oncologista, o brasileiro também tem que vencer o tabu que existe sobre esta doença. "Algumas pessoas são incapazes de pronunciar a palavra câncer. Temos que desmistificar isso e alertar as pessoas que quando o câncer é diagnosticado no início, ele tem cura."

    Dados

    Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca) cerca de 520 mil novos casos de câncer deverão surgir até o final deste ano, no Brasil. Entre os tipos mais incidentes estão o de pele não melanoma, com 134 mil; próstata, 60 mil; mama feminina, 53 mil; colón e reto, 30 mil; pulmão, 27 mil; estômago, 20 mil; e colo do útero, com 18 mil.

    O câncer pode ocorrer por fatores internos, que são as heranças genéticas, ou externos causados pela exposição a agentes cancerígenos e hábitos alimentares inadequados. Na maioria dos casos, o diagnóstico precoce ajuda a minimizar a evolução dos tumores pelo corpo.

    O Inca realizou um trabalho revelando que a sobrevida estimada para as pacientes portadoras do câncer de mama está em 80%, índice considerado superior aos demais países da América Latina.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.