Cidade

Segunda-feira, 14 de abril de 2008, atualizada às 14h55

TJMG nega pedido de liberdade provisória para Bejani



Priscila Magalhães
Repórter

O desembargador Sérgio Resende, da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), negou o pedido de liberdade provisória para o Prefeito Alberto Bejani nesta segunda-feira, 14 de abril.

Segundo a assessoria do Tribunal, a defesa de Bejani alegou que existe uma permissão para a liberdade provisória em crime de uso de armas. Porém, o desembargador não ficou convencido, achando que o pedido estava pouco fundamentado.

O prefeito de Juiz de Fora é o único dos 17 prefeitos detidos, durante a Operação Pasárgada, que ainda permanece na na cadeia. Sua situação foi agravada, porque a Polícia Federal encontrou uma arma sem registro e de uso restrito da Polícia, em sua residência. Bejani foi preso na última quarta, dia 09 de abril.

O advogado do Prefeito, Marcelo Leonardo, não foi encontrado para falar sobre o assunto até o fechamento dessa matéria.

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.