• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade
    Sexta-feira, 26 de novembro de 2010, atualizada às 17h29

    Polícia Militar lança Operação Natalina na próxima segunda-feira

    Clecius Campos
    Repórter
    Foto da coletiva

    A Polícia Militar (PM) de Juiz de Fora reforçará a segurança no Centro da cidade, em virtude da aproximação das festas do final de ano. É a Operação Natalina, que terá início na próxima segunda-feira, 29 de novembro. De acordo com o chefe da 30ª Companhia de PM, responsável pela segurança na área central, tenente Yoshio Yamaguchi, haverá reforço de policiamento em todo o Centro e nas principais regiões comerciais. Ao contingente da PM, serão incorporados 120 policiais estudantes do curso técnico de segurança pública, que passarão pelo período de estágio, na época do Natal.

    "Os principais crimes identificados no final do ano são os furtos. Felizmente há uma redução de 44% nos crimes violentos no Centro, o que nos deixa mais tranquilos. No entanto, a população deve estar precavida na hora de ir às compras. Por isso, será também realizada a campanha de autoproteção, simultânea à operação." A iniciativa será realizada com a distribuição de folders e a orientação pessoal da população e dos empresários e empregados nos centros comerciais. "Queremos coibir os crimes de saidinhas de bancos, por exemplo, e orientar para carros estacionados que chamam a atenção de bandidos. Junto aos comerciantes, vamos tratar da exposição de produtos, que também podem facilitar furtos."

    A PM espera ainda o reforço da polícia montada. A operação vai durar até após a virada do ano. A polícia estima que, em 2009, cerca de 150 mil pessoas passaram pelo Centro no período natalino. O presidente do Sindicato do Comércio, Emerson Beloti, considera importante o policiamento mais intenso nesta época do ano. "As lojas vão estar abertas durante mais horas, algumas até a noite, quando o movimento deve ser ainda maior. A polícia deve realmente olhar com muito carinho para o centro comercial de Juiz de Fora."

    Menos lixo e comércio irregular

    Durante entrevista coletiva, Beloti reclamou da limpeza no Centro e da quantidade de vendedores ambulantes não credenciados que, segundo ele, causaram problemas no período natalino do ano passado. Ele pediu o empenho da Secretaria de Atividades Urbanas (SAU) para que a fiscalização este ano, seja mais intensiva. "Em 2009, não houve um bom desempenho na coleta do lixo, por uma questão logística. Os ambulantes não credenciados naquela época também causaram problemas."

    A titular da SAU, Sueli Reis, garantiu atitudes mais assertivas no combate ao depósito irregular de lixo nas ruas da cidade. "Nessa época, trabalhamos com os containers de 240 litros em vários pontos centrais e com tolerância para o depósito de lixo em sacos pretos e amarrados, desde que colocados após as 18h e em frente às lojas, não entulhados em volta dos postes. Os comerciantes estão avisados, alguns já notificados, de que as irregularidades serão combatidas. Quem estiver fora do padrão legal será multado. A multa pode variar de R$ 240 a R$ 2 mil, dependendo da reincidência."

    Sobre o combate ao comércio ambulante irregular, a SAU pretende aumentar o número de fiscais no Centro, conforme for identificada a necessidade. Sueli afirma que há a capacidade de remanejamento, a fim de incrementar o número de fiscais. Atualmente, 12 servidores fazem esse serviço no Centro. "Estamos fazendo o máximo para adequar os ambulantes regulares, para que fiquem padronizados e não causem poluição visual. A Associação dos Ambulantes tem nos ajudado a combater o comércio irregular. No período natalino, contaremos com mais apoio da Guarda Municipal."

    Confira o horário especial do comércio em dezembro

    Dias 13, 14, 15, 16, 17 e 24

    • Das 8h às 20h

    Dias 4, 11 e 18 (sábados)

    • Das 8h às 18h

    Dias 20, 21, 22 e 23

    • Das 8h às 21h30

    Dias 12 e 19 (domingos)

    • Das 12h às 18h

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.