Terça-feira, 26 de novembro de 2019, atualizada às 8h e às 8h37

Policial rodoviário suspeito de matar colega em horário de trabalho está preso no 2º Batalhão

Da redação

O policial rodoviário federal suspeito de matar a tiros o colega de trabalho no último domingo, 24 de novembro, dentro da unidade operacional na BR-040 em Juiz de Fora, está preso no 2º Batalhão da Polícia Militar, no Bairro Santa Terezinha.

De acordo com o Núcleo de Comunicação Social (Nucom) da PRF, após os disparos, "foram acionados o pronto atendimento do Serviço de Atendimento Móvel (Samu), a equipe de resgate da concessionária da via, a Polícia Federal e todas as áreas da PRF, responsáveis pelos desdobramentos internos".

O autor dos disparos foi encaminhado, pela própria PRF, para a Delegacia de Polícia Federal de Juiz de Fora, que ficará responsável pelas investigações. Em nota, a assessoria da Polícia Federal explicou que autuou o suspeito em flagrante pelo crime de homicídio, nos termos do artigo 121 do Código Penal, bem como instaurou inquérito policial para investigar todas as circunstâncias do delito. O preso foi encaminhado para o 2º Batalhão da Polícia Militar, onde permanecerá à disposição do Juízo da 4ª Vara Federal de Juiz de Fora".

A motivação do crime e a identidade do suspeito não foram divulgadas.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.