Quarta-feira, 31 de dezembro de 2014, atualizada às 8h30

Primeira parcela da Lei Murilo Mendes de Incentivo à Cultura é liberada

A primeira parcela da Lei Murilo Mendes de Incentivo à Cultura foi liberada na última terça-feira, 30 de dezembro, para a conta dos proponentes responsáveis pelos 65 projetos aprovados na edição de 2014 da lei, mantida pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e gerenciada pela Fundação Alfredo Ferreira Lage (Funalfa). O valor é de R$ 366.801,50.

Neste ano, o Fundo Municipal de Incentivo à Cultura (Fumic) destinará um total de R$ 1.100.404,51. A previsão é de que as outras duas parcelas de recursos sejam liberadas até março de 2015.

Na edição de 2014, a Funalfa recebeu um total de 188 inscrições. As áreas de “Literatura” e “Música” registraram o maior número de projetos aprovados: 18 cada. Em seguida aparecem “Audiovisual” (9), “Patrimônio e Memória” (6), “Artes Cênicas” (5), “Artes Visuais” (5), “Outras” (3) e “Pesquisa” (1).

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.