Funalfa promove reuniões para divulgar edital de cultura trans

O Edital de Cultura Trans é o segundo de 2021 ligado ao Programa Cultural Murilo Mendes, que acaba de completar 27 anos

da Redação - 01/09/2021

Com o objetivo de detalhar as regras e tirar eventuais dúvidas sobre o edital “Fernanda Müller de Cultura Trans”, a Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) promove uma sequência de reuniões nas modalidades virtual e presencial com produtores culturais e artistas de Juiz de Fora. O primeiro encontro da ação denominada “Dedo de Prosa” acontece nesta quinta-feira, 2, às 19h, pelo Facebook (funalfacultura). Também estão confirmadas reuniões nos dias 9, quinta-feira, (presencial, no Teatro Paschoal Carlos Magno, às 20h15, com limite de 40 pessoas), e no dia 14, terça-feira, pelo Facebook, às 19h.

A participação nos encontros é aberta a todas as pessoas interessadas em pleitear o patrocínio do edital, por meio do qual a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) disponibiliza o montante de R$ 200 mil para projetos que fomentem ações e iniciativas artísticas e culturais, individuais ou coletivas, promovidas pela ou para a comunidade transgênera, travesti, não-binária, queer, agênero, incluindo artistas cis que performam drag queen ou king. A participação é aberta a pessoas físicas, com qualquer identidade de gênero, maiores de 16 anos, residentes em Juiz de Fora há, pelo menos, um ano. Menores de 18 anos deverão se inscrever presencialmente, acompanhados dos responsáveis legais. Já no caso de imigrantes estrangeiros é necessário estar em situação regular.

Tarcísio Moreira, assessor da Funalfa, afirma que o edital “Fernanda Müller” sinaliza outra forma possível de fazer política. “Buscamos valorizar fazedoras e fazedores de cultura que, muitas vezes, ficam à margem dos editais de fomento sejam públicos ou privados. A ideia é incluir um tipo de público propositalmente esquecido ao longo dos anos. Então, a Funalfa quer afirmar que essas pessoas são importantes e que o que elas produzem também é importante. O direito de produzir cultura é direito à vida.” O edital pode ser acessado no link, desenvolvido pela Secretaria de Comunicação da PJF. As inscrições ficam abertas até o dia 19 de setembro.

O Edital de Cultura Trans é o segundo de 2021 ligado ao Programa Cultural Murilo Mendes, que acaba de completar 27 anos. O primeiro foi o edital “Cultura da/na Quebrada”, focado nos produtores e artistas de periferia, que recebeu 119 inscrições e encontra-se em fase de julgamento. Até o fim deste ano, outros três editais de fomento cultural serão lançados. Ao todo, o investimento será de R$ 2.040.000 (dois milhões e quarenta mil reais), com recursos do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura (Fumic).

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.