• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos
    Quinta-feira, 19 de setembro de 2013, atualizada às 18h

    Dez anos do Estatuto do Idoso: Juiz de Fora terá programação especial

    Eduardo Maia
    Repórter
    camara

    Os dez anos do Estatuto do Idoso serão comemorados em Juiz de Fora com uma programação especial (confira), que começa a partir da próxima segunda-feira, 23 de setembro. Entre as ações está a elaboração de uma carta, que será encaminhada à Presidência da República e aos governadores dos Estados brasileiros, assinada pelos presidentes de comissões dos idosos das capitais brasileiras.

    No dia 23, será realizado um debate sobre a situação da pessoa idosa no país, a partir das 14h30, na Câmara Municipal de Juiz de Fora, com a presença de vereadores de dez capitais, seguida da assinatura desta carta. A intenção  da Comissão do Idoso da cidade é registrar ações que podem ser tomadas a curto e médio prazo, para possibilitar melhores condições de vida às pessoas idosas, garantindo os direitos já estabelecidos pelo Estatuto. O encontro terá a presença de representantes de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Aracajú, Porto Alegre, Belém, João Pessoa, Campo Grande, Vitória, Natal, entre outros.

    De acordo com o presidente da Comissão de Defesa dos Direitos dos Idosos, Isauro Calais (PMN), "será um evento no qual a Câmara de Juiz de Fora quer mostrar para as outras capitais que a defesa do idoso é viável e que exige a atenção da sociedade", afirma.

    Entre solicitações estão a implantação de domicílios seguros para idosos e a criação de uma clínica pública, com o objetivo de diminuir as filas no sistema público de saúde, além da implantação de um projeto de cuidador de idosos pelo Governo Federal. "Vamos sugerir a criação de um projeto para empregar de 100 a 200 profissionais que cuidem de cinco idosos cada."

    A coletiva contou com a participação dos demais membros da Comissão, a vereadora Ana do Padre Frederico (PDT), Vagner Oliveira (PR) e Rodrigo Mattos (PSDB), além do secretário de governo José Sóter de Figueirôa e representantes das entidades que lutam pela causa, como o Conselho Municipal do Idoso, Associação Municipal de Apoio Comunitário (Amac), Hospital Universitário/UFJF e o Sesc JF.

    Grupo de discussões

    De acordo com a assessoria da Prefeitura de Juiz de Fora, atualmente, Juiz de Fora possui mais de 71 mil pessoas na terceira idade, que hoje representam 18,85% do total de habitantes. Levantamento divulgado pelo IBGE em 29 de julho revela que a expectativa de vida do brasileiro ao nascer passou de 62,5 anos em 1980 para 73,8 anos em 2010. Houve um acréscimo de 11 anos, dois meses e 27 dias.

    No Departamento de Saúde do Idoso, localizado na rua Batista de Oliveira 943, a criação de um grupo de discussões sobre a saúde do idoso foi a alternativa encontrada para marcar a década de mudanças em prol dos maiores de 60 anos.

    Um grupo de 30 usuários se reunirá semanalmente, às quintas-feiras, por três meses, com profissionais gerontólogos que atuam diariamente no departamento, para receber orientações sobre os mais diversos temas, dentre eles, prevenção contra quedas, alimentação saudável, doenças demenciais e direitos na saúde pública.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.