• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos
    Segunda-feira, 1 de agosto de 2016, atualizada às 15h

    Comediante faz campanha de arrecadação de alimentos para Armazém Solidário de JF 

    Angeliza Lopes
    Repórter
    foto

    Sensibilizado pelo projeto Armazém Solidário, do Instituto de Difusão Espírita (IDE-JF), do bairro Santa Luzia, o comediante juiz-forano Mateus Moura Mattos criou uma campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis, de higiene pessoal e limpeza nas redes sociais. Com o tema “Agosto para dar Gosto”, o organizador pretende mobilizar mais pessoas pela causa, que ajuda 30 famílias todos os meses. O Armazém vende produtos de necessidades básicas aos assistidos por valores simbólicos, de aproximadamente R$ 0,50, sempre no último domingo do mês.

    Moura conta que ao conhecer o projeto se sentiu tocado em ajudar. “Pensei em doar algo, mas depois tive a ideia de criar um evento no Facebook para poder arrecadar mais itens. Sou espírita, mas não conhecia o trabalho. A campanha pretende mobilizar mais doadores até o dia 14 de agosto, e me comprometo buscar as doações em domicílio. Quem tiver interesse em ajudar, pode combinar comigo pela página do evento”, explica. Outra opção é o doador deixar os alimentos no ponto de coleta na rua Halfeld 513, 2° andar, sala 212, na Rubens Advocacia.

    Os interessados também podem acessar a lista de itens que podem ser doados pelo site do IDE-JF. O comediante diz que acha importante este tipo de campanha, por oportunizar as famílias condições básicas para viver. “As três necessidades básicas do ser humano são: moradia, alimentação e vestuário. É muito ruim saber que falta para muita gente essas três coisas, se cada um fizer um pouco por sua comunidade, as coisas seriam bem melhores”, ressalta. Ele considera que outro ponto positivo do Armazém é a venda por valores simbólicos dos produtos. “Este modelo dá autoestima para o beneficiado”, completa.

    Armazém Solidário

    Em atividade há um ano, o Armazém Solidário é uma das ações do departamento social do Instituto, voltado para as famílias envolvidas no Projeto Ser Feliz. Os assistidos - pais e crianças do Santa Luzia e bairros adjacentes, participam todos os domingos de palestras evangélico-doutrinária no IDE-JF, localizado na rua Torreões, 210, Santa Luzia.

    O diretor do IDE-JF, Allan Gouvêa, explica que a partir do acompanhamento da mudança de perfil socioeconômico das famílias, a diretoria percebeu a necessidade de criar uma ação que sanasse a limitação de compra destes assistidos cadastrados de forma autônoma e com dignidade. "Existe a possibilidade de escolha dos produtos que lhes são necessários, pagando um valor simbólico por cada item. Isso valoriza as famílias, que se sentem capazes de prover o seu próprio sustento".

    Ele complementa que todo o dinheiro arrecadado é convertido em novos produtos para o próximo mês. "Na verdade, a maioria dos produtos são recolhidos em doações dos colaboradores do IDE. Trabalhamos com a quantidade limite de 30 famílias, que são assíduas e acompanhadas pelo departamento. Mas, pode ser que abra vagas no projeto, por isso se houver outras famílias com estas necessidades, o caso será avaliado pelo grupo organizador", fala Gouvêa.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.