UFJF se posiciona frente ocupação da Reitoria Estudantes decidem nessa sexta se continuam no prédio

Thiago Werneck
Colaboração
22/06/2007

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em nota oficial, se compromoteu nesta sexta-feira, dia 22, a ouvir estudantes, professores e servidores sobre suas posições frente ao projeto Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, o Reuni do Governo Federal. A resposta foi anunciada, após o reitor, Henrique Duque conversar com os estudantes que ocupam a reitoria.

O diálogo aconteceu na tarde dessa sexta, e a universidade afirma que vai consultar os três segmentos antes de o Conselho Universitário aprovar a realização do projeto. Os alunos reivindicam que essa consulta seja feita através de plebiscito. Ainda segundo a nota oficial, "a Universidade aguarda resultado de uma assembléia dos estudantes, e em seguida, fica na expectativa da desocupação do prédio da Reitoria".

Até o fechamento dessa matéria, os estudantes ainda se organizavam para realizar uma assembléia para decidir se continuarão ocupando o espaço. Comissões passaram de sala em sala para convocar mais alunos para discutir o assunto. A reunião foi marcada para às 20h. Apesar da posição favorável do reitor, os universitários querem ver a proposta de consulta à comunidade acadêmica ser aprovada pelo Cônsul, Conselho Superior da Universidade. Alguns estudantes defendem que, apenas dessa forma, garantem sua vontade de debater assunto entre o todos os segmentos da Universidade.

*Thiago Werneck é estudante de Comunicação Social da Universidade Federal de Juiz de Fora

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.