Ter?a-feira-feira, 31 de mar?o, atualizada ?s 18h

Professores da rede municipal de ensino fazem paralisa??o por campanha salarial


Guilherme Ar?as
Rep?rter

Os professores da rede municipal de ensino fazem uma paralisa??o nesta quarta-feira, 1? de abril, para discutir a campanha salarial de 2009, em assembleia. Os profissionais querem a equipara??o salarial dos professores juizforanos ao piso nacional de R$ 950, estabelecido por lei. Com o cumprimento da legisla??o, que garante reajustes retroativos a janeiro de 2008, o piso dos professores deveria ser de aproximadamente de R$ 1.150.

Apesar de o sal?rio dos professores municipais ser reajustado anualmente pela infla??o, o coordenador geral do Sinpro, vereador Bet?o (PT), garante que os professores acumulam perdas salariais de 29% ao longo dos ?ltimos anos. Por?m, o valor do reajuste que far? parte da campanha salarial s? ser? definido na assembleia desta quarta.

"Feita a assembleia, fechamos a pauta e iniciamos o processo de negocia??o com a Prefeitura", explica Bet?o. Tamb?m devem fazer parte da pauta de reivindica?es o reajuste no valor da Ajuda de Custo para Valoriza??o do Magist?rio (ACVM), a libera??o dos professores para cursos de p?s-gradua??o, a cria??o de um quadro de carreira para as secret?rias escolares e a redu??o da jornada e trabalho.

Em Juiz de Fora h? quatro mil trabalhadores diretos da educa??o municipal, sendo que cerca de 2.500 s?o professores.

Os textos s?o revisados por Madalena Fernandes