Segunda-feira, 24 de outubro de 2016, atualizada às 16h59

Servidores técnico-administrativos da UFJF deflagram greve contra PEC 241

Da redação
foto

Durante assembleia na manhã desta segunda-feira, 24 de outubro, os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) deflagraram greve por tempo indeterminado. Já no campus avançado de Governador Valadares, a assembleia ocorre amanhã, as 12h45 no prédio da Univale.

O principal motivo do movimento, que foi deflagrado por unanimidade de votos, é a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que estabelece o congelamento de gastos do Governo federal pelos próximos 20 anos para saúde e educação. A matéria foi aprovada em primeiro turno pela Câmara dos Deputados, no último dia 10, e deve ser votada em segundo turno nesta terça.

Segundo o coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições federais de Ensino no Município de Juiz de Fora (Sintufejuf), Paulo Dimas, a greve permanece enquanto a matéria estiver em tramitação. “Por indicação da Federação – Fasubra vamos manter o movimento para tentar reverter a PEC”, destaca. A primeira reunião do Comando Local de Greve será amanhã, às 9h na sede administrativa do Sintufejuf. A próxima assembleia acontece amanhã, as 13h no pátio do Museu Murilo Mendes.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.