• Assinantes
  • Esporte
    Terça-feira, 17 de setembro de 2013, atualizada às 11h49

    Aparecidense é eliminado da série D pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva

    Eduardo Maia
    Repórter
    Tribunal

    O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) determinou, na noite da última segunda-feira, 16 de setembro, no Rio de Janeiro (RJ), a desclassificação do Aparecidense (GO) da série D do Campeonato Brasileiro. Por três votos a um, a decisão dá ao Tupi o direito de classificação para as quartas de final da competição. Ao time goiano ainda cabe recurso, que deve ser apresentado em até três dias.

    A medida recebeu três votos favoráveis à proposta do relator Washington Rodrigues Oliveira, que defendeu a desclassificação com base no artigo 215 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que versa sobre a eliminação de times que cometem infrações resultantes em benefício ou prejuízo desportivo a um terceiro. Além da eliminação, foi aplicada uma multa no valor de R$ 100 ao time goiano e outra de R$ 500 ao massagista Romildo Fonseca da Silva, o Esquerdinha, que também recebeu suspensão em 24 partidas. O árbitro Arilson Bispo da Anunciação foi absolvido.

    A decisão foi recebida com surpresa pelos dirigentes do Aparecidense. Segundo o presidente da Associação Atlética Aparecidense, Wilson Queiroz, o time já se prepara para recorrer da decisão. "Recebemos a notícia como uma surpresa. O time não pode ser julgado pela atitude de uma pessoa e o máximo que poderia ser feito seria a remarcação da partida. Já estamos preparando o recurso para apresentar ao STJD até quinta-feira", diz.

    Sobre as multas aplicadas ao time e ao massagista da equipe, o presidente do Aparecidense afirma que a equipe irá arcar com os valores. "Vamos arcar com as multas, provavelmente elas não entrarão no recurso", garante.

    Quartas de final

    A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) será notificada sobre o resultado do STJD e a previsão é de que o Tupi enfrente o Mixto (MT) pelas quartas de final, em data a ser agendada. O portal ACESSA.com tentou contato com a diretoria do time, mas não obteve retorno.


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.