Casinha para cachorro
A casinha deve ser grande o suficiente para que o cão possa ficar em pé,
possa esticar suas patas e possa girar seu corpo

Renata Solano
*Colaboração
22/01/2008

Comprar um cachorrinho é mais do que escolher ter um animal de estimação, é escolher ter responsabilidades na vida de um novo ser vivo. Por isso, ao trazer um cãozinho para casa é preciso conhecer suas necessidades.

O animal precisa de um local especial para ele, onde tenha uma cama quentinha, espaço para fazer suas necessidades, e, talvez uma casinha do lado de fora da casa para se abrigar nos dias de muito sol ou chuva.

Segundo a proprietária de uma loja de produtos para animais, Dayse Macêdo é indicado que se coloque a casinha no exterior da casa durante a primavera ou o verão para que o filhote se acostume com a habitat antes do inverno.

Tamanho

"É preciso ter bom senso na hora de comprar uma casinha, você não pode pensar que o filhote vai continuar pequeno para sempre se ele for um animal de porte maior, por exemplo", afirma o veterinário José Átila de Souza.

Na hora de escolher o abrigo do seu animalzinho, não vale pensar que quanto maior, melhor. Isso, porque nos meses de invernos, o cão somente é aquecido pelo calor gerado pelo próprio corpo. Em uma casinha maior que o necessário esse calor é rapidamente dissipado, e seu cão pode passar frio desnecessário.

Foto ACESSA.com Foto ACESSA.com Foto ACESSA.com

A casinha deve ser grande o suficiente para que o cão possa ficar em pé, possa esticar suas patas e possa girar seu corpo, além disso, a porta deve ser larga o suficiente para que o cão passe sem encostar os ombros.

O objetivo da casinha é fazer com que o animal se sinta dentro de um espaço onde haja a sensação de segurança e proteção contra outros animais, contra a chuva, o vento e o sol. Se a casinha for de boa qualidade, ela pode até ser deixada exposta ao sol e chuva por anos, sem nenhum problema.

O material
Foto ACESSA.com Foto ACESSA.com Foto ACESSA.com

Existem diversos materiais com que se faz uma casinha para cachorro. Algumas são construídas no próprio quintal com tijolos e cimento de verdade, outras são as consideradas casinhas móveis e, em sua maioria, são feitas com madeira, tecido, fibra ou plástico.

"As casinhas em plástico são mais indicadas no sentido de se obter uma maior possibilidade e facilidade de higiene, mas as casas feitas em madeira são mais confortáveis para o animal, pois oferecem maior proteção contra as variações de temperatura", explica Dayse.

As casinhas feitas em madeira são mais vulneráveis ao sol e à chuva. "As casas feitas com esse material ficam mais feias e degradadas com o passar do tempo e com a exposição ao clima de sol e de chuva intensos", afirma Dayse.

Segundo o veterinário José Átila, o ideal é que as casinhas de madeira recebam uma ou duas demãos de verniz marítimo com filtro solar. "Assim ela fica tratada para o recebimento do animal, sem haver possibilidade dele se machucar com uma farpa, por exemplo. Além disso, o material da casa fica mais protegido", orienta.

As casinhas feitas com material como espuma e tecido são indicadas para o cuidado com o animal, principalmente durante o frio. Elas são casinhas que oferecem mais retenção de calor, por isso, o animal fica mais protegido no período do inverno. Essas casas são indicadas para o interior de sua residências, pois não podem ficar expostas ao tempo, senão podem mofar ou mesmo estragar.

Localização

"É essencial que a casinha fique disposta em um local que ofereça proteção contra o vento na entrada da casinha, o outro cuidado é colocá-la em posição tal que o sol incida sobre ela, preferencialmente na parte da manhã", indica o veterinário.

Já durante o verão, se necessário, mude a casinha para um local onde ela fique protegida do sol, pelo menos no período da tarde, assim evita que seu animal fique exposto ao calor excessivo.

*Renata Solano é estudante de Comunicação Social da UFJF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.

Arquivo

Ver mais...