Sempre alerta! Aprenda com a turma de escoteiros uma série de atividades
que vão fazer você se divertir pra valer

07/08/2006

Já estamos no segundo semestre do ano: agosto! E por que não planejar uma atividade diferente? Se você fica parado, em frente a televisão ou só joga vídeo-game, tá na hora de movimentar o seu dia-a-dia! Uma turminha muito especial quer convidar vocês para participarem de um grupo bem diferente: os escoteiros!!!

Você já deve ter visto por aí, essa criançada uniformizada se preparando para alguma aventura. Mas se você pensa que ser escoteiro é só isso, está muito enganado.

Segundo, Lucas de Almeida Oliveira (foto ao lado), que há seis anos faz parte do grupo, os escoteiros se reúnem semanalmente para conversar sobre assuntos diversos, programam encontros de confraternização ou competição, com jogos de cooperação, conhecimentos de escotismo, entre outros temas.

"Quero ser chefe ou pioneiro um dia", diz Lucas. Mas o que é isso? Para quem não sabe, os escoteiros têm uma hierarquia, ou seja, um grau de evolução das funções de acordo com a idade do participante. Por exemplo, se você tem de 6 a 10 anos é considerado Lobinho e vai aprender um pouco sobre artesanato, literatura, informática... ou o assunto que você mais gostar. Nessa fase, o lema é "Melhor possível", então você deve escolher aquilo que mais gosta de fazer e tornar-se cada vez mais "craque" nessa atividade.

O lobinho Pedro Henrique (foto abaixo), 9 anos, explica que está desenvolvendo uma série de especialidades desde quando começou a fazer parte do grupo. Só para vocês terem uma idéia ele já conquistou a especilidade de "Informações Turísticas", quando realizou viagens e aprendeu sobre os locais em que esteve, "Leitura", quando leu vários livros e aprensentou para os seus amigos escoteiros, "Fotografia", quando trouxe fotos de Tiradentes para o grupo, "Natação", já que nada desde os dois anos de idade, "Babá", pois cuidou do irmão pequeno e até "Hortigranjeiro", já que plantou algumas verduras com os amiguinhos.

"Temos muitas especialidades para conquistar", diz Pedro. Segundo ele ninguém é obrigado a fazer nada, só o que gosta. "Daí, quando você vai aprendendo, ganha a especilidade, que pode ter três níveis: 1, amarelo; 2 verde e 3 -azul", destaca o lobinho.

Já quando se tem de 10 a 15 anos os lobinhos passam a ser escoteiros e desenvolvem o convívio com a natureza, a ajuda ao próximo e uma infinidade de outras atividades. Lucas esclarece que no caso das viagens e acampamentos, os lobinhos ficam em lugares fechados, como casas ou alojamentos, por exemplo, e os escoteiros já dormem em barracas de camping.

Na faixa etária dos 15 a 18 anos, eles são chamados de sêniores ou guias e o lema é "Aprender, fazendo". Nessa fase, eles vão explorar uma série de desafios, aventuras e conhecer melhor o mundo em que vivem. A guia Sarah de Almeida (foto ao lado), 12, irmã de Lucas, adora as atividades e já tem 11 anos no grupo. "Nos escoteiros a gente vivencia de tudo. Aprendi a conviver com pessoas diferentes e superar os meus limites", destaca.

E segundo Sarah não é preciso ser criança para participar do grupo. Os Chefes Escoteiros são os adultos responsáveis por cuidar de cada um deles, propondo temas, brincadeiras e atividades. E não é a toa que Sarah pode falar do tema. Toda a sua família participa dos escoteiros, passando de geração em geração. "Meus avós, pais e toda a família já foi lobinho um dia. É muit bom!", declara.

Aqui em Juiz de Fora, você pode procurar o grupo mais próximo da sua casa, pedindo informações pelos telefones: (32) 3215-7674, (32) 3215-0615 e (32) 3216-3846 (Loja).

Se você é de outra cidade, é só entrar no site da União Brasileira dos Escoteiros no Brasil: www.escoteiros.org.br.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.