Para começar o ano novo de forma revigorada Depois da correria devido às compras e às festas de final de ano, que tal tirar um momento para relaxar?

Aline Furtado
Repórter
30/12/2009

O final do ano traz consigo uma correria típica, devido às compras e às festas de confraternização. Além disso, neste período são comuns os abusos, sejam eles com relação à comida, à bebida ou até mesmo às comemorações. Depois de tanto corre-corre em lojas e shopping centers e de aproveitar cada segundo das festas, o ideal é dedicar alguns momentos ao relaxamento, buscando a recuperação do cansaço após a maratona de compromissos do mês de dezembro. A intenção é revigorar as energias para entrar no ano novo com pique total.

Para cuidar dos pés, uma das dicas dadas pela terapeuta Janice Pizziollo é o escalda-pés, que deve se feito com água em torno dos 38º C. "A água aquecida faz com que os poros se abram. Em uma bacia, coloque a água e ervas medicinais, como alecrim, arnica e menta. O composto das ervas é liberado na água aquecida." Além disso, pode-se utilizar óleo essencial de lavanda e menta, que tem caráter refrescante e revigorante. Os pés devem ficar na água durante 20 minutos. O ideal é utilizar um recipiente de forma que a água que alcance as panturrilhas.

Escalda pés Descansando os pés Massagem nos pés

O próximo passo é descansar os pés sobre um banco por alguns minutos. Em seguida, pode ser feita uma massagem relaxante. "O ideal é tocar com as pontas dos dedos, fazendo movimentos de alongamento, deslizamento e pressão." Segundo a terapeuta, ao realizar a massagem nos pés, trabalha-se a reflexologia podal, que é o estímulo de pontos ligados energeticamente aos órgãos do corpo. Como exemplo, Janice cita a parte interna do pé, que tem a forma semelhante à coluna vertebral. A mesma massagem pode ser feita nas mãos. "Para que o resultado seja ainda melhor, recomendo o uso de óleo essencial puro de maracujá, tanto nos pés quanto nas mãos."

Para desintoxicar, revitalizar e remineralizar, a dica é desenvolver a técnica chamada de argiloterapia. "A argila potencializa a circulação sanguínea, absorvendo o calor produzido pelo organismo para combater excessos de bebida e de comida, por exemplo. A argila verde é a mais indicada." A aplicação pode ser feita no rosto, o que ajuda a reduzir as olheiras, ou no corpo. "No caso de problemas de estômago, por exemplo, deve-se aplicar no abdômen."

Massagem nas mãos Argiloterapia no rosto Argiloterapia no abdômen

A aplicação é feita a partir da colocação de uma gaze sobre o local. Em seguida, espalha-se, com o auxílio de uma espátula, o composto de argila e ervas medicinais, deixando agir por cerca de trinta minutos. Após este tempo, basta retirar a gaze e limpar o excesso com algodão embebido de óleo essencial puro de maracujá. "Na hora de limpar com o algodão, é importante que os movimentos sejam feitos de baixo para cima, no caso de a aplicação ter sido feita no rosto."

Para quem tem banheira de hidromassagem em casa, a dica é um banho relaxante, que deve ser feito com água em temperatura máxima de 42º C durante o inverno. "Indico ervas como arnica, boldo do Chile, pitanga, amora e alecrim, que podem ser depositadas na água." A pitanga tem função revigorante, já as folhas da amoreira têm alto fator de estabilização dos hormônios femininos. As pessoas devem ficar atentas porque o banho não deve ultrapassar 60 minutos.

Removendo a argila Banho relaxante Relaxamento

Para quem não tem banheira de hidromassagem em casa, a dica é relaxar durante o banho de ducha. O indicado é usar a esponja fazendo movimentos circulares por todo o corpo.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.