Sexta-feira 17 de julho de 2009, atualizada às 19h30

Dia dos Pais promete aquecer as vendas em Juiz de Fora

Marinella Souza
Repórter

A três semanas do Dia dos Pais, o comércio de Juiz de Fora já está ansioso pela data. Ocupando o quarto lugar no ranking das festas mais lucrativas para o comércio, já é possível ver um clima de esperança entre os lojistas da cidade.

O Dia dos Pais só em volume de vendas perde para o Natal, o Dia das Mães e o Dia dos Namorados e a expectativa é de que em 2009 a marca de 2008 seja superada. Caixa de uma loja de roupas sociais para homens, Graciana Lima, está otimista.

"Espero que a gente venda bem mais do que no ano passado". Em 2008 o estabelecimento em que Graciana trabalha faturou 12% a mais na época do Dia dos Pais, em relação ao mês anterior.

No entanto, as vendas voltadas para a data comemorativa ainda estão mornas. Gerente de outra loja de roupas, Regiane Costa aposta na próxima semana para incrementar as vendas. "Espero que na semana que vem aumente o número de pessoas que entram na loja em busca de presente para os seus pais e maridos", diz. Graciana compartilha dessa esperança. "Ainda está cedo para essa procura. A partir de semana que vem acredito que começa a melhorar", comenta.

Para Regiane, a expectativa é que as vendas ultrapassem os 20% do ano passado. "Essa é a terceira data que a gente mais vende, então, esperamos manter esse índice ou, de preferência, superá-lo", diz.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Juiz de Fora (CDL/JF), por meio de sua assessoria de comunicação, já adiantou que no sábado, dia 8 de agosto, véspera do Dia dos Pais, o comércio da cidade vai funcionar em horário especial. Os consumidores terão até as 18h para realizar suas compras.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.