• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios
    Sexta-feira, 29 de julho de 2011, atualizada às 17h30

    Volta às aulas provoca incremento de até 10% nas vendas em papelarias

    Aline Furtado
    Repórter
    Papelaria

    Devido à volta às aulas na próxima segunda-feira, 1º de agosto, papelarias de Juiz de Fora registram incremento entre 5% e 10% nas vendas. O proprietário de uma papelaria na região central da cidade, Marcos Martins de Araújo, revela que o movimento registrado no meio do ano é inferior ao verificado nos primeiros meses do ano.

    "É no início do ano que as escolas distribuem as listas de materiais escolares. Então, os pais fazem a compra maior antes do começo do primeiro semestre letivo. Mas sempre têm aquelas pessoas que fazem compras para repor alguns itens antes do início das aulas do segundo semestre. Com isso, temos registrado movimento razoável e a expectativa se mantém boa. As vendas devem crescer até 10%."

    O gerente de outra papelaria, Jorge de Castro, afirma não estar tão confiante. "A gente sente, sim, um incremento nesta época do ano, mas não estou tão otimista. Creio que o movimento deve crescer em torno de 5%."

    Mais de 90 mil alunos da rede pública

    De acordo com a Secretaria de Educação (SE) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), aproximadamente 49 mil alunos, de 102 escolas da rede municipal, devem retornar às aulas nesta segunda-feira, 1º. Ao todo, cerca de 4,5 mil professores, além de coordenadores pedagógicos, secretários escolares, entre outros profissionais da SE, retomarão as atividades do ano letivo de 2011. 

    Na rede estadual de ensino, a volta às aulas, na próxima segunda-feira, 1º, deve incluir aproximadamente 43 mil alunos, que estão matriculados nas 49 escolas estaduais da cidade, que oferecem Ensino Fundamental e/ou Médio.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.