• Assinantes
  • Autenticação
  • Pelo Brasil
    Segunda-feira, 9 de novembro de 2015, atualizada às 11h56

    Cai para 26 o número de desaparecidos em rompimento de barragens em MG

    A prefeitura de Mariana atualizou no início da noite deste domingo, 8 de novembro, a lista com os nomes de pessoas desaparecidas na tragédia do rompimento das barragens de rejeitos da mineradora Samarco, que deixou sob uma grossa camada de lama o distrito de Bento Rodrigues, na zona rural do município mineiro.

    Com a localização de Arnaldo Zifirino, de 40 anos, e Joaquim Zifirino, de 70 anos, que, segundo a prefeitura, estão hospedados em um hotel de Mariana, o número de pessoas desaparecidas diminuiu de 28 para 26. Desse total, 13 são funcionários de empresas que prestam serviços à mineradora Samarco e 13 cujo desaparecimento foi informado por parentes. Entre os desaparecidos estão duas crianças, uma de 5 anos e outra de 3 meses.

    Como parte da ação, três cães farejadores auxiliam os trabalhos de busca e resgate no distrito de Bento Rodrigues. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 9 de novembro, pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. 

    De acordo com a corporação, os cães receberam treinamento especializado para atender a esse tipo de ocorrência e vão acompanhar os trabalhos dos militares que estão no local desde a última quinta-feira.

    As ações humanitárias de transporte de alimentos e medicamentos para as comunidades atingidas também serão mantidas pelo Corpo de Bombeiros, bem como o alerta para que a população não se aproxime da chamada zona quente ou área de risco.

    "A medida garante a segurança dessas pessoas e evita acidentes como os ocorridos na última quinta-feira, quando duas pessoas tiveram que ser socorridas após tentarem se aproximar dos locais", informou a corporação.

    Com informações da Agência Brasil

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.