Sexta-feira, 31 de julho de 2009, atualizada às 18h03

Risco de surto de Influenza A força atraso na volta às aulas

Clecius Campos
Repórter

A Secretaria Municipal de Saúde (SS), em ação conjunta com a Secretaria de Educação de Juiz de Fora, determinou o adiamento do início das aulas na rede municipal de ensino. Alunos e professores, que deveriam retornar às atividades nesta sexta-feira, dia 31 de julho, deverão esperar até o próximo dia 10 de agosto. De acordo com a secretária de Saúde, Eunice Dantas, a razão da medida é o aumento do risco de surto da Influenza A (H1N1), com a volta às aulas.

"Durante as férias, presume-se que muitos alunos e professores fizeram viagens, inclusive para locais onde existe transmissão sustentada da doença, como Argentina, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, e podem ter tido contato com a H1N1." Como o período de incubação da doença varia de um a quatro dias e o de transmissão de sete a catorze, o município resolveu esperar esse período para iniciar as aulas.

Segundo Eunice, ao final da próxima semana, será realizada uma avaliação da doença na cidade. Será levado em conta o aumento significativo no número de casos da nova gripe, se houver. "Caso as informações sejam preocupantes, é possível que a volta às aulas sejam adiadas por mais uma semana." De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Educação, a programação para a reposição das aulas só será discutida com o término do recesso.

Redes estadual e particular também param

A rede estadual de educação também só retorna às aulas no próximo dia 10 de agosto. A diferença é que os professores devem voltar aos postos de trabalho no dia 3. De acordo com informações da Secretaria de Estado de Saúde (SES), durante essa semana, os educadores receberão informações e treinamentos sobre como identificar e manejar pacientes com suspeita da doença.

Em todo o Estado, as escolas da rede privada de ensino, através dos sindicatos, conselhos e federações, foram convidadas a iniciar seus trabalhos no dia 10 de agosto. Em Juiz de Fora, a SS solicitou ao Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (Sinep-MG), por meio de ofício, que recomende o prorrogamento das férias.

UFJF acompanha recomendação

O Conselho Superior (Consu) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), vai seguir a recomendação de adiamento do início aulas do segundo semestre letivo de 2009 para o dia 10 de agosto, feito pela SES. A decisão se estende a todos os alunos da graduação e pós-graduação da instituição e ainda aos estudantes do Colégio de Aplicação João XXIII.

 

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.