• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Terça-feira, 26 de abril de 2011, atualizada às 15h16

    Juiz-foranos recebem orientações para combate e prevenção da hipertensão

    Jorge Júnior
    Repórter
    hipertensao

    Nesta terça-feira, 26 de abril, Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, a população juiz-forana recebeu orientações sobre o combate da doença, em um estande montado em frente ao Cine-Theatro Central. Na campanha, foram realizadas não só aferição de pressão, mas também orientações com farmacêuticos, nutricionistas, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos e profissionais de educação física.

    A estimativa, segundo a assistente social da Fundação Instituto Mineiro de Estudos e Pesquisas em Nefrologia (Imepen), Luciana Tirapani, é de que mais de 4 mil pessoas foram atendidas. "No final do atendimento, as pessoas diagnosticadas com pressão alta foram encaminhadas para o tratamento," destaca Luciana.

    Toda pessoa que tem pressão alta pode fazer o tratamento gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo Luciana, o paciente deve ir ao posto de saúde mais próximo e se cadastrar no grupo de tratamento. "O procedimento é feito com acompanhamento médico e o cidadão tem o direito de adquirir o medicamento na Farmácia Popular ou em redes conveniadas." Em Juiz de Fora, a Farmácia Popular fica na rua Espírito Santo 1.406.

    A Doença

    De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) há cerca de 600 milhões de hipertensos no mundo. A doença atinge, em média, 25% da população brasileira, chegando a mais de 50% na terceira idade e, surpreendentemente, a 5% dos 70 milhões de crianças e adolescentes no Brasil, segundo dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH).

    A pressão alta é perigosa e geralmente não tem cura, mas pode ser controlada. Para isso, é preciso que o paciente tome medicamento por toda a vida. O problema é que, apesar de causar ataques cardíacos e derrames, em alguns casos a doença é assintomática e a pessoa desconhece que é portadora do mal. De acordo com o médico clínico geral, Thiago Lacet, só é afirmado que uma pessoa tem hipertensão após constatado, pela terceira vez, a média acima de 120 x 80 mmHg.

    Prevenção

    Entre as medidas que podem ser tomadas para prevenir o avanço da hipertensão está a redução do consumo de sal; a prática de exercício físico diariamente; a alimentação saudável; o abandono do cigarro; a diminuição do consumo do álcool; o acompanhamento frequente da pressão arterial e evitar o estresse.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.