Juiz de Fora - MG

Alice Amaral Alice Amaral 11/05/2016


O encantado mundo do cérebro

Não pense em uma bola rosa com riscos brancos. O cérebro e seus mistérios. Como posso pedir uma coisa e ele imaginar outra? Incrível, não? Por enquanto nem o super-computador conseguiu desvendar o enigma do seu funcionamento. Apenas mentes lógicas e criativas descobriram que os hemisférios se comunicam e trabalham juntos por meio de uma rede complexa de cabos fibrosos. Eles são complementares e trabalham juntos. Conjunto distribuído de milhares de milhões de células que se estende por uma área de mais de 1 metro quadrado. Representa apenas 2% da massa do corpo e recebe aproximadamente 25% de todo o sangue que é bombeado pelo coração.

Por meio de nossos sentidos são enviadas mensagens ao cérebro para serem decodificadas e interpretadas. Essas mensagens são transformadas em conhecimentos. Todas as lembranças da infância, adolescência ficam guardadas no cérebro. Não é fantástico?

Ele é o comandante do seu corpo. Todos os movimentos voluntários e involuntários, a coordenação psicomotora, a atenção, a concentração e percepção, são coordenados por ele.

“Você não pisca o olho sem seu cérebro ter enviado esse mandamento”.

É o órgão mais complexo do corpo humano capaz de nos dar a inteligência e presença de espírito. O hemisfério esquerdo é responsável pelo pensamento lógico e competência comunicativa. O direito, pelo pensamento simbólico e criatividade, embora pesquisas recentes estejam contradizendo isso, comprovando que existem partes do hemisfério direito destinados a criatividade e vice-versa. Nos canhotos as funções estão invertidas.

Como nessa revista estamos homenageando nossos pequeninos, os pais devem ter atenção redobrada para a saúde do cérebro em pleno desenvolvimento e crescimento intelectual. Crianças não devem ser expostas a substâncias químicas, pois causam problemas neurológicos. O chumbo, por exemplo, está associado ao desempenho escolar reduzido e com comportamento delinquente no futuro.  O flúor causa decréscimo médio de QI de cerca de sete pontos.

Em todas as idades, principalmente na infância, a alimentação mais nutritiva ajuda no funcionamento do cérebro. A ação conjunta dos neurônios forma as redes neurais ou circuitos, criando cada vez mais novas conexões ao exercitá-lo. Por falar em exercício, no próximo texto vamos discorrer sobre a atividade física. Como ela é importante, quais benefícios trazem à saúde e quais doenças previne. Aguarde!

Para ter um cérebro sarado, leia, dance, desenhe, jogue baralho, xadrez, estimule a atividade dos neurônios, melhore a memória, as habilidades e o raciocínio.

Mantenha seu cérebro sadio! Sabemos tão pouco sobre nós mesmos que o que temos de informações confirmadas por cientistas e médicos devem ser filtradas e os “conselhos” seguidos. O cérebro ainda é um mistério.


Alice Amaral é Especialista em Nutrologia - Associação Médica Brasileira e Associação Brasileira de Nutrologia; especialista em Medicina do Esporte - Associação Médica Brasileira e Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte; pós-graduada com especialização em Nutriendocrinologia Funcional e Gerenciamento do Envelhecimento Saudável.

Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.