Quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012, atualizada às 18h

Empresa de resgate é isenta de pagar danos morais a família de paciente

Da Redação
empresa de resgate

A 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) atendeu parcialmente o pedido de uma empresa de resgate de Juiz de Fora, desobrigando-a a indenizar por danos morais família de paciente por ela transportado sem a presença de médico. O paciente, cujo estado de saúde era grave, foi transferido para outro hospital e faleceu horas depois do traslado. Para os desembargadores, não se pode atribuir a causa da morte do paciente ao transporte feito sem a presença de um médico.

Ao apelar da decisão de 1ª instância que condenou a empresa ao pagamento de danos materiais e morais à família do paciente, houve a argumentação de que o estado de saúde do paciente era grave, inclusive já tendo apresentado convulsões, e que somente faleceu dez horas após a conclusão do transporte. Sustentou ainda que o transporte foi realizado sem a presença do médico responsável, dada a sua ausência no momento, obrigando que a equipe presente optasse pela realização da transferência, diante do gravíssimo estado de saúde do paciente.

O relator, desembargador Domingos Coelho, entendeu que apesar de ter ocorrido o óbito do paciente, não ficou caracterizada qualquer conduta antijurídica da empresa apta a obrigar-lhe a reparar moralmente a família do paciente. Reconheceu, porém, que a ausência de médico durante o procedimento de transferência do paciente caracteriza má prestação do serviço contratado, sendo devida a indenização pelos danos materiais, tal como foi concedida na sentença.

O magistrado entendeu ainda que não houve comprovação de que o transporte realizado sem a presença de um médico habilitado teria contribuído para a piora do estado de saúde do paciente, que já era delicado. Acrescentou que a médica que o assistia no hospital de origem havia informado à família que o risco de morte era iminente.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.