Sábado, 16 de agosto de 2014, atualizada às 11h

Agências oferecem opções de viagens de final de ano para todos os bolsos

Vívia Lima
*Colaboração
Viagens

Quem está pensando em viajar no final do ano, se quiser gastar menos, precisa se apressar com as reservas, pois as agências de Juiz de Fora já preparam inúmeras opções com destinos nacionais e internacionais. Comprando com antecedência, os pacotes podem sair 20% mais barato do que no ano anterior.

Para garantir a tranquilidade e segurança, além de evitar surpresas desagradáveis com vistos, vacinas e seguro viagem, que podem ser necessários para a entrada em alguns países, o recomendado é que o cliente procure uma agência de viagens que tenham atendimento com experiência e cadastro com órgão oficiais.

A diretora da Picorelli Turismo, Mônica Picorelli, fala dos destinos mais procurados no final do ano. "As praias do Nordeste e as Serras Gaúchas, são locais bastante frequentados nesta época. Recebemos um grande número de pessoas interessadas em participar do Natal Luz em Gramado (RS), além das praias que sempre são ótimas alternativas para relaxar."

Viagens para o exterior são, atualmente, os destinos mais solicitados e tendem ser assim até dezembro, relata Mônica."Roteiros para dentro do Brasil estão muito caros, por isso a grande procura é por cidades no exterior."

As empresas também se antecipam e promovem ofertas para o Natal e Réveillon, como é o caso a agência CVC. A assessoria da empresa informou que pacotes para o período estão até 20% mais baratos do que no ano passado, e ressalta que os clientes que programam suas férias com antecedência têm mais chance de encontrar bons preços e disponibilidade do destino desejado.

A operadora oferece roteiros para àqueles que querem aproveitar o tempo livre e fugir do calor que faz no Brasil. A assessoria da operadora informou que a opção perfeita é passar o Natal ou o Réveillon esquiando em Aspen, no Estado americano do Colorado. Para os mais tradicionais ou para quem não dispõe de muito tempo para viagens longas, destinos nacionais, como Foz do Iguaçu (PR), Gramado (RS), Rio de Janeiro (RJ), e cidades da América do Sul, como Buenos Aires e Mendoza (na Argentina) ou Santiago (no Chile), são ideais. A CVC oferece também destinos exóticos como África do Sul, Austrália, Dubai, Japão e Marrocos, onde o turista pode presenciar diferentes formas de comemorar o Natal e o Ano Novo.

No Brasil as maiores procuras são para as praias do Nordeste, para a cidade de Manaus e a Serra Gaúcha. Já entre àqueles mViagensais baratos estão Porto Seguro (BA), Arraial d'Ajuda (BA) no valor de aproximadamente R$700 em baixa temporada para uma pessoa no período de oito dias. Os mesmos locais em épocas de férias escolares e carnaval podem chegar a R$ 1.4mil. Buenos Aires, na Argentina, é a opção mais barata para viajar, custa em média R$1.300mil. Para àqueles que quiserem gastar um pouquinho mais, as alternativas são Fernando de Noronha, R$ 3mil e quinze dias pela Europa no valor de R$ 12mil.  

Cruzeiros

Cruzeiros são excelentes formas de viajar. No entanto, esse tipo de viagem vem diminuindo. "Há alguns anos, as pessoas foram experimentar esta novidade que é viajar de navio. Como muitas delas já foram mais de uma vez, a procura diminuiu". A alta nos preços se deve a falta de manutenção nos portos  e o custo da mão de obra brasileira. Para as companhias de navio é mais rentável ficar pela Europa, uma vez que os gastos e impostos brasileiros são muito altos.

Segundo Mônica, as viagens ecológicas são outras opções para o final do ano, tanto dentro do Brasil quanto no exterior. Os destinos são Belém, Ilha de Marajó (PA), Deserto do Atacama no Chile, e o Peru.  

Valores

A consultora da agência de viagem Flytour, Christiane RezendeViagens, ressalta que os valores das viagens dependem da antecedência de quem as procura. Por isso, quanto antes fechar o pacote, menor será o valor gasto. "Geralmente recomendamos que as pessoas nos procure seis meses antes para escolher o destino com calma e pagar mais barato."

Para ela, todas as pessoas podem viajar, basta planejar e ir em busca do destino e do valor que mais encaixa no bolso do consumidor, principalmente pela possibilidade de poder dividir em até 10 vezes sem juros, ainda que para destinos mais clássicos como Paris, Londres e a Europa, por exemplo.

A internet pode ser também uma ferramenta para prevenir situações indesejadas nas viagens e garantir os pacotes com antecedência. Muitas operadoras oferecem compras pela internet. No entanto, é necessário pesquisar antes para garantir segurança e tranquilidade no passeio.

*Vívia Lima é estudante do 7º período de Jornalismo da UFJF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.