• Assinantes
  • Cidade
    Juliana Machado Juliana Machado 27/02/2014

    Ai que calor...

    CalorQue anda fazendo um calorão danado todos sabem – e as redes sociais nos lembram diariamente. Mas afinal de contas, isso é normal ou é tudo culpa do aquecimento global? Essa história de aquecimento global é um fato ou uma grande teoria da conspiração? O que nós temos com isso?

    O nosso planeta é envolto por camadas atmosféricas. A camada em que vivemos, usamos, poluímos, voamos e respiramos, chama-se troposfera. Logo em seguida temos a estratosfera, a mesosfera, a termosfera e a exosfera. Estas camadas vão se tornando cada vez mais distantes do solo da Terra e variam em espessura, temperatura e concentração de gases. Na estratosfera encontra-se a famosa camada de ozônio. Ela possui aproximadamente 40 quilômetros de espessura e é responsável por regular a temperatura do planeta e proteger a superfície da Terra dos raios ultravioleta emitidos pelo Sol. É também na estratosfera que acontece o fenômeno natural e benéfico conhecido como efeito estufa. Este fenômeno auxilia na manutenção da temperatura do planeta e impede que a Terra resfrie e todos os seres morram. Isto ocorre porque há uma camada de gases, que impede que toda a radiação solar se dissipe para a atmosfera. Em outras palavras, esta camada de gases aprisiona uma parte da energia solar dentro do espaço do nosso planeta, proporcionando a manutenção de uma temperatura que facilita e promove o desenvolvimento da vida.

    Devido a um desestruturado e irresponsável desenvolvimento econômico e industrial do nosso planeta, hoje temos um estado em que a emissão de gases poluentes derivados destas atividades, ao mesmo tempo destrói a camada de ozônio, reduzindo sua espessura, e engorda a camada de gases de efeito estufa. Assim, com uma camada de ozônio cada vez mais espessa, mais facilmente os raios solares ultravioleta penetram na atmosfera. E com uma camada de gases de efeito estufa cada vez mais densa, a dispersão desta energia solar torna-se menor. O resultado é este calorão todo. Para piorar, nossas cidades possuem cada vez menos construções que incluem de fato uma vegetação densa e ao mesmo nós valorizamos cada vez mais os materiais que, ao invés de absorverem o calor - como fazem as árvores - refletem-no. E dá-lhe calor. Calor esse aliviado com muitos ventiladores ligados, muita água desperdiçada e aquele desejo de chuva que para mim soa como incoerente, já que não temos um sistema ótimo de captação da água que cai do céu. Essa água cai, escorre para nossos rios poluídos e se mistura com a água podre que ali corre... Um verdadeiro desespero...

    E o calor continua. E vai piorar segundo as milhares de previsões por aí. E eu ouso afirmar que não há nenhuma teoria conspiratória por trás destas previsões. A questão é que enquanto for mais importante produzir e gerar lucro, nada, nadinha, vai mudar. Todo ano vamos reclamar do aquecimento global como se ele fosse uma entidade maligna enviada por seres extraterrestres. Mas esquecemos que a culpa é todinha dos terráqueos... Ai que calor...!


    Juliana Machado é Bióloga, mestre em Ciências Biológicas - Comportamento e Biologia Animal - UFJF/MG. Doutoranda em Bioética, ética aplicada e saúde coletiva - UFRJ/UFF/UERJ e Fiocruz.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.