Sexta-feira, 31 de agosto de 2012, atualizada às 18h

Energia elétrica em Juiz de Fora terá investimento de mais R$ 10,7 milhões

Da Redação
cemig

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) anunciou novos investimentos para o município de Juiz de Fora. Serão aplicados mais R$ 10,7 milhões, além dos R$ 8 milhões já anunciados, o que totaliza R$ 18,7 milhões em obras para melhorar a qualidade da energia para os atuais e futuros clientes.

De acordo com a assessoria da Cemig, este aporte será investido no sistema de abastecimento de energia do município, para melhoria da rede de distribuição urbana e rural, no período de 2012 e início de 2013, e também visando a preparação da cidade para a Copa do Mundo de 2014, com melhorias no fornecimento e aumento da flexibilidade operativa do sistema elétrico, em locais que possam ter relação com os eventos da Copa (estádios, aeroportos, hospitais, shoppings, terminal rodoviário e museu).

As obras

  • Melhoria no suprimento de energia que irá beneficiar os bairros São Mateus, Cidade Alta, Chalés do Imperador e a região de Torreões, com o reforço de 29,3km de rede, com previsão de término até dezembro deste ano. O investimento total é de R$ 1,9 milhões;
  • Melhoria na rede de distribuição urbana, com conversão de rede de baixa tensão de nua para isolada e instalação de novos transformadores nos bairros Bela Aurora, Bom Pastor, Borboleta, Distrito Industrial, Filgueiras, Nova Era, Parque Independência, Santos Dumont e Teixeiras. Previsão até dezembro, com valor previsto de R$ 283 mil;
  • Instalação de sete religadores para melhorar a confiabilidade e continuidade de fornecimento de energia, com previsão até final de 2012, e aplicação de R$ 118 mil;
  • Para 2013, está previsto investimento de R$ 1,6 milhões em substituição de cabos para rede protegida e aumento da capacidade de carga nos os bairros Nova Era, Jóquei, Distrito Industrial, Santa Luzia, Jardim de Alá e Ipiranga;
  • Para o biênio 2013/2014, estão previstas instalações de mais 33 religadores, com recursos da ordem de R$ 305 mil e um investimento específico de R$ 6,5 mi para a Copa de 2014.

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.