• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quarta-feira, 12 de novembro de 2014, atualizada às 09h43

    Exposição no CCBM resgata elementos da tradicional Festa do Divino

    Festa do divino

    Uma exposição que busca promover um novo olhar sobre uma das festas mais tradicionais do catolicismo popular, o culto ao Espírito Santo será aberta nesta quarta-feira, 12, às 14 horas, na Galeria Heitor de Alencar do Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM). Aberto ao público em geral, o projeto "festadodivino.com.outroolhar", da filósofa clínica e artista plástica Marilda Hill Maestrini, espera levar centenas de crianças e adolescentes a visitar o local.

    Por meio da pintura, instalação, música e contação de história, a proposta é oferecer um reconhecimento da Festa do Divino tradicional, destacando elementos que remetem à brasilidade. Para apoiar a repaginação da memória histórica e estética, a artista plástica tem apoio do músico Leandro Gouvêa e da contadora de história Luciane Garrido.

    Mediante agendamento prévio, o casal receberá os estudantes, em grupos de 30 pessoas em média, para contar a tradição da Festa do Divino e apresentar músicas que remetem ao festejo. Já estão agendadas cinco escolas, totalizando em torno de 150 estudantes. Ainda há vagas, e a marcação pode ser feita pelo telefone 3690-7051. A atividade é inteiramente gratuita.

    Marilda Hill Maestrini antecipa que na exposição haverá um quadro cujo objetivo é promover a reflexão dos visitantes. "Trata-se de uma obra aberta, pintada em preto e branco, que deve ser interpretada pelos estudantes. Não gosto de me prender apenas à esfera acadêmica, quero desafiar o visitante a pensar".

    A mostra "festadodivino.com.outroolhar" pode ser visitada gratuitamente, de terça a sexta-feira, das 9 às 21h, e aos sábados e domingos, das 10 às 18h.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.