• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Quarta-feira, 3 de abril de 2019, atualizada às 15h25

    Aeronáutica abre inscrições para vagas de Nível Superior na próxima segunda

    Da redação

    A Aeronáutica abrirá inscrições na próxima segunda-feira, 8 de abril, para a seleção de profissionais de nível superior. O cadastro pode ser feito até sexta-feira, 21 de abril. As vagas são para todo o Brasil.

    O objetivo do processo seletivo é atrair voluntários à prestação do Serviço Militar Temporário, devidamente habilitados e que atendam às condições e às normas estabelecidas em Aviso de Convocação. Confira a página de convocação.

    Para a área de magistério, as oportunidades são para áreas do ensino superior e médio. As vagas são nas seguintes especialidades: magistério do ensino médio, em história (1), filosofia (2), língua inglesa (24), língua portuguesa (6), artes plásticas (2), biologia (2), educação física (7), língua espanhola (6), física (4), geografia (1), língua francesa (1), matemática (12), química (2), sistema de informação (1) e sociologia (1).

    As demais vagas destinadas a profissionais de nível superior envolvem: administração (130), análise de sistemas (28), arquitetura (4), arquivologia (7), biblioteconomia (4), biologia (10), capelão evangélico (5), ciências atuariais (1), ciências contábeis (33), economia (4), educação física (2), enfermagem (72), engenharia em agrimensura (5), engenharia agrônoma (1), engenharia ambiental (1), engenharia cartográfica (4), engenharia civil (37), engenharia da computação (25), engenharia elétrica (18), engenharia eletrônica (16), engenharia mecânica (22), engenharia de produção (5), engenharia química (4), engenharia de telecomunicação (8), estatística (3), fisioterapia (25), fonoaudiologia (17), história (2), jornalismo (2), museologia (2), nutrição (41), pedagogia (49), psicologia clínica (1), psicologia educacional (4), psicologia organizacional (2), relações públicas (12), serviço social (17), serviços jurídicos (18), terapia ocupacional (1).

    Já na área da saúde, as oportunidades são nas seguintes especialidades: anestesiologista (8), anatomia patológica (1), cancerologista (2), carndiologista (8), cirurgia geral (7), cirurgia vascular periférica (1), endocrinologia (1), gastroenterologia (1), ginecologia e obstretícia (12), hematologista (1), infectologista (3), medicina intensiva (7), medicina nuclear (1), medicina do trabalho (1), neurocirurgia (1), nefrologia (4), neurologia (2), oftalmologia (3), otorrinolaringologia (7), ortopedia (3), pediatria (9), proctologia (1), psiquiatria (5), radiologia (11), urologia (2), cirurgia e traumatologia buco-maxilo-faciais (9), clínica geral odontológica (7), dentística (20), endodontia (8), implantodontia (2), odontogeriatria (1), odontologia para pacientes com necessidades especiais (1), odontoterapia (7), ortodontia (12), prótese dentária (19), periodontia (6), radiologia odontológica (2), farmácia bioquímica I (29), farmácia bioquímica II (2), farmácia hospitalar (45), farmácia hospitalar II (1), farmácia hospitalar III (6), farmácia industrial (4), veterinário I (3), veterinário I (1).

    Após a inscrição ser deferida, os candidatos passarão por etapas de classificação na Avaliação Curricular; o comparecimento na Concentração Inicial; entrega dos exames, avaliações e laudos médicos, a aprovação na inspeção de saúde, concentração final e habilitação à incorporação.

    Os requisitos mínimos para cada área são:

    Oficiais Técnicos: diploma de ensino superior, em nível de graduação, e, dependendo da especialidade, Registro Profissional, conforme preconizam as legislações relativas às profissões regulamentadas.

    Oficiais Médicos: diploma de ensino superior, em nível de graduação, Residência Médica na especialidade pleiteada pelo candidato (exceto para Clínica Médica), e registro no Conselho Regional de Medicina.

    Oficiais Médicos (somente para a especialidade Clínica Médica), Farmacêuticos, Dentistas e Veterinários: diploma de ensino superior, em nível de graduação, e registro no Conselho Regional da Profissão. Para Odontologia também é exigido especialização, pelo menos em curso, na especialidade pleiteada.

    Nas exceções, estão a vaga de Farmácia Hospitalar II (para  o exercício   de   atividades   de   preparo   dos radiofármacos), que ainda exige pós-graduação lato  sensu  e/ou  stricto  sensu relacionado  à  radiofarmácia; ter concluído  o  curso  livre  de  formação  profissional  em radiofarmácia, reconhecido  pelo  Conselho  Federal de  Farmácia; ter  atuado  por três anos  ou  mais na  área  de  radiofarmácia; e Farmácia Hospitalar III (para  o exercício de atividades na oncologia) título de especialista emitido pela Sociedade Brasileira de Farmacêuticos em Oncologia (SOBRAFO); residência  na  área  de Oncologia; ser  egresso de programa  de  pós-graduação latu  sensu relacionado  a área de  Oncologia; possuir cinco anos ou mais de atuação na área de Oncologia.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.