• Assinantes
  • Esporte
    Quinta-feira, 30 de setembro de 2010, atualizada às 17h38

    Sport empata com o Venda Nova fora de casa

    Clecius Campos
    Repórter

    Em um jogo com pênaltis e expulsões, o Sport Club Juiz de Fora empatou com o Venda Nova (Nova Lima) em 2 a 2, fora de casa, na tarde desta quinta-feira, 30 de setembro. Após abrir o placar aos três minutos do primeiro tempo, o Verdão sofreu dois gols ainda no primeiro tempo, mas conseguiu se recuperar e arrancar um empate, aos 37 minutos com gol de Tiago Emílio.

    Com o ponto a mais, o clube fica com 11 pontos — se considerada a decisão do Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais (TJD-MG) que tirou seis pontos do clube, por ter entrado em campo com jogadores não cadastrados no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) — e está na terceira posição da Chave A, classificado para a próxima fase da 2ª Divisão do Campeonato Mineiro.

    No entanto, o site da Federação Mineira de Futebol (FMF) coloca o time na segunda posição, com 17 pontos ganhos, em nove jogos, e atrás apenas do Nacional de Nova Serrana. Segundo a assessoria de comunicação da FMF, os pontos não foram retirados, pois há recurso da decisão em trâmite no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

    O técnico da equipe, Nando Ozório, afirma que independente da decisão, o grupo continuará lutando para se manter entre os que seguem para a próxima fase do campeonato. "Independente do recurso, já conseguimos a classificação novamente. O grupo está consciente das dificuldades, mas vai continuar lutando."

    O jogo

    Incentivado por uma vitória do Arsenal sobre o Ideal de Ipatinga por 2 a 1 — o que manteve o clube do Vale do Aço com 11 pontos ganhos — o Sport entrou em campo disposto a vencer. Aos 3 minutos do primeiro tempo, em cobrança de pênalti, Tiago Emílio abriu o placar para a alegria dos torcedores do Periquito. A comemoração durou pouco. Dois minutos depois o atacante do Venda Nova, Diego, recebeu cruzamento na área e cabeceou livre para o fundo da rede.

    Enquanto o Sport esbanjava posse de bola, o Venda Nova investia em contra-ataques. Em um dos lances, aos 28 minutos do primeiro tempo, uma bola dividida na área do Verdão foi interpretada como falta: pênalti a favor do Venda Nova. Iago cobrou e virou o jogo para o time da casa. Aos 48 da etapa inicial, outro pênalti marcado contra o Periquito. A defesa de Gonçalves livra o Sport de tomar mais um gol.

    A segunda etapa foi mais equilibrada, com oportunidades de gols para o Sport. Mas foi aos 37 minutos que Luís Alves, arrancando do campo de defesa, fez passe para Tiago Emílio, que empatou a partida em 2 a 2.

    Expulsões no finalzinho

    Aos 45 minutos do segundo tempo, uma série de expulsões marcou a atuação da arbitragem. A primeira foi do goleiro do Sport, Gonçalves, que teria tocado a bola fora da área. Júnior Negão foi para o gol, enquanto o árbitro dava mais cinco minutos de partida. Aos 48 minutos, após falta, o jogador do Periquito, Grafite, foi expulso. Uma confusão generalizada ocorre e o árbitro expulsa um jogador do Venda Nova e o Reginaldo, do Sport.

    Em nome do Periquito, Ozório desferiu duras críticas à arbitragem. "Foi uma total falta de respeito com o Sport. Ficamos com a sensação de que fomos roubados, mas o ladrão não levou tudo. As adversidades ajudam o time a vencer. Foi um ponto suado, um empate com gosto amargo."

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.