Thiago Cachaldora Thiago Cachaldora* 22/9/2011

Comunicação

IlustraçãoDesde tempos remotos, a civilização primitiva já utilizava recursos estratégicos para se comunicar como, por exemplo, por meio de desenhos esculpidos nas rochas. Algumas tribos indígenas, por sua vez, comunicavam-se através da fumaça de suas fogueiras. Isso mostra que é possível perceber que podemos nos comunicar com outras pessoas sem estarmos, necessariamente, falando.

De forma sucinta, podemos definir que a comunicação é um processo através do qual ocorre troca de informações entre dois ou mais indivíduos e, para alcançar esta finalidade, utilizamos de várias estratégias como, por exemplo, uso de gestos, expressões faciais, fala, escrita, entre outras.

No momento em que conversamos com alguém, estamos compartilhando nosso ponto de vista, nossas ideias, sentimentos, experiências vivenciadas, conhecimento, cultura, etc. É nesta ocasião, através da troca interacional, que aprendemos um pouco com as experiências do outro, tendo livre arbítrio para concordar ou não com o assunto negociado pelo interlocutor.

É importante ressaltar que estamos em contínuo processo de aprendizagem, ou seja, estamos sempre nos comunicando e, ao partilhar saberes, vamos adquirindo conhecimentos por vários assuntos. Até um assunto de que você já tinha certo conhecimento, pode vir a ser acrescido de mais detalhes e de informações ao ponto de você falar "não tinha pensado desta forma" ou "não tinha pensado nisso".

No mundo dos negócios, podemos verificar que o mercado de trabalho está cada vez mais seletivo e competitivo. Para isso, precisamos aproveitar as oportunidades, além de estar muito bem preparados para tal. Desta forma, transpondo a comunicação para o meio empresarial, podemos verificar sua importância. O sujeito que se comunica bem terá tamanha autonomia para argumentar, inferir, discutir sobre determinado assunto e alcançar o objetivo final que é persuadir o outro sobre a sua proposta, ao mesmo tempo, passando confiança e segurança daquilo que está sendo falado.

Não podemos esquecer que o fonoaudiólogo é o profissional capacitado e habilitado para atuar em quaisquer problemas relacionados com a comunicação, uma vez que este é o objeto de estudo deste profissional. Contudo, é sempre viável buscar ajuda para sanar suas dificuldades em função de uma falta de comunicação entre os colaboradores de sua empresa ou dificuldade de se expressar adequadamente em público ou mesmo para efetivar seu discurso comunicativo, dentre outras possibilidades e nunca se esquecendo do famoso dito popular "quem não comunica, se trumbica".

*O texto foi escrito pela estudante de Fonoaudiologia Adriana Medeiros, sob a supervisão de Thiago Cachaldora

Mais artigos

Thiago Cachaldora é fonoaudiólogo, pós-graduado em Fonoaudiologia, consultor em comunicação interpessoal, diretor executivo da Clips Comunicação Interpessoal & Desenvolvimento de Pessoas e palestrante.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.