Sexta-feira, 09 de maio de 2008 atualizada às 17h33

Quase 800 pessoas atendidas no último dia para alistamento e regularização do título de eleitor



Priscila Magalhães
Repórter

Nos dois últimos dias para a regularização e transferência do título de eleitor e alistamento, o Pólo de Atendimento ao Eleitor (PAE) fez 1.610 movimentações. "Outras pessoas nos procuraram para outras atividades que não entram no cadastro", diz a coordenadora do PAE, Cristiane Barreto dos Santos.

Só no último dia, quarta-feira, 08 de maio, foram 799 movimentações entre 08h e 24h10, quando os funcionários deixaram o local. "As pessoas ficaram cerca de sete horas na fila até serem atendidos", conta Cristiane, afirmando que as pessoas começaram a chegar ao PAE às 04h30 e reclamaram. "Se eles não tivessem deixado para a última hora, a espera na fila não teria acontecido".

O movimento no Pólo começou a se intensificar em janeiro, quando a média de atendimentos diários estava em torno de 200. Porém, em dias normais, quando não é período eleitoral, são cerca de 70 atendimentos por dia, no horário de 12h às 18h. "A diferença é gritante".

Quem não fez o alistamento não vai poder votar nas eleições municipais deste ano. E quem tem mais de 18 anos, quando for tirar o documento vai precisar pagar uma multa no valor de R$ 3,50. Quem não fez a transferência de cidade vai ter que votar ou justificar. Aqueles que não transferiram a zona eleitoral vão ter que comparecer onde estão cadastrados.

O período para alistamento, regularização e transferência do título de eleitor começa em novembro deste ano. A segunda via do documento pode ser pedida nos cartórios até dez dias antes das eleições, que acontecem no dia 05 de outubro.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.